Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Inter-Regiões, a verdadeira festa do Hóquei em Patins!

Inter-Regiões, a verdadeira festa do Hóquei em Patins!
Artigo de opinião de Nelson Alves sobre o Inter-Regiões ao portal Modalidades.com.pt

Antes de mais nada, permitam-me que vos explique do que se trata este "Inter-Regiões". Não sendo um torneio de séniores, é com toda a certeza, o ponto mais alto da temporada, no que a formação de hóquei em patins diz respeito. Não sei se é mais importante do que as fases finais dos Campeonatos Nacionais de Infantis, Iniciados, Juvenis ou Juniores mas é, de certeza, uma prova com muito maior mediatismo.

Para quem não acompanha o hóquei em patins, pode considerar estas afirmações um exagero. Sei que nas restantes modalidades também há torneios deste tipo, que reúnem até um maior número de selecções regionais (basquetebol, andebol, futsal, todas em ambos os sexos), mas desconheço se o impacto destes eventos é assim tão grande nessas modalidades, como o é no hóquei em patins.

No hóquei em patins, há uma sede cada vez maior por descobrir novos talentos, a cada ano que passa, e à medida que passam os anos sem que Portugal volte a exercer a posição de domínio que detinha há uns anos. Claro que no andebol e no basquetebol também há essa busca, mas só no hóquei em patins é que um jovem com 15/16 anos pode aspirar a ser campeão europeu... Repare-se nas convocatórias das selecções nacionais de juvenis e juniores, e mesmo sem ter dados concretos, acredito que a maior parte dos jogadores entre os 16 e os 20 anos, terão todos dados nas vistas, em primeiro lugar, num qualquer torneio Inter-Regiões, num dos últimos anos: Telmo Pinto, Hélder Nunes, Xavi Cardoso, são apenas os três nomes que uma pessoa associa a esta "tendência".

Este ano, o Torneio Inter-Regiões vai ser disputado no histórico Pavilhão da Juventude Salesiana, no Estoril (Cascais). E que outro lugar poderia ser melhor para albergar um torneio dedicado à procura de novos talentos, do que o local onde, nos anos 70 e 80, surgiram alguns dos grandes nomes do hóquei em patins nacional no pós 25 de Abril?

A selecção do Minho é a actual detentora do troféu, conquistado no ano passado em Oliveira do Hospital. As selecções do Porto e de Lisboa são muito fortes e, a jogar em casa, a equipa lisboeta vai querer reconquistar um título que já não vence há seis anos.

O aspecto negativo prende-se com o facto de, este ano, haver apenas dez selecções participantes: a Associação de Patinagem do Algarve e a Associação de Patinagem da Madeira (5º lugar em 2010), não irão participar, devido a problemas financeiros. A falta de divulgação da modalidade nestas regiões, onde há apenas dois ou três clubes dedicados à modalidade, respectivamente, aliados ao contexto económico actual, faziam antever este desfecho, para mais ano, menos ano.

Para terminar, e em relação ao mediatismo da prova, esperemos que a Federação de Patinagem de Portugal e a Associação de Patinagem de Lisboa se lembrem de seguir o exemplo do "Mundo do Hóquei (www.mundook.net), que há dois e há três anos, tudo fez - e conseguiu - que este torneio tivesse algum destaque, por mínimo que fosse, nas páginas dos Diários Desportivos "O Jogo" e "Record". Fica a sugestão... 

Por Nelson Alves em Modalidades.com.pt

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...