Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

AAC Campeã Nacional Universitária

AAC Campeã Nacional Universitária
Artigo de Opinião de Pedro Correia

Ao 2º ano após o regresso da Associação Académica de Coimbra aos Campeonatos Nacionais Universitários a equipa representante dos estudantes da Academia de Coimbra venceu o Campeonato Nacional Universitário.

O percurso da equipa universitária não começou da melhor forma.
No I Torneio de Apuramento, em Braga, a equipa não foi além do 5º lugar (em 6 equipas), após a derrota com a Universidade do Porto e o Instituto Politécnico de Leiria.

Apesar de já estar qualificada para a fase final dos Campeonatos, a equipa dos estudantes queria demonstrar o seu valor e partiu para o II Torneio de Apuramento, também disputado em Braga, com vontade de vencer. No primeiro dia do torneio 1 vitória ante o Instituto Politécnico do Porto e 1 derrota contra a Universidade do Porto garantiram o 2º lugar no grupo e acesso às meias-finais do dia seguinte.
A meia final, ante a Associação Académica da Universidade do Minho foi passada com distinção pela equipa de Coimbra com uma vitória por 8-1 e, na final, a Académica bateu a equipa da Universidade do Porto por 5-4, fazendo assim cumprir os seus objectivos, assumindo definitivamente o papel de candidata à vitória final do Campeonato Nacional Universitário.

A fase final, realizada entre dia 12 e 14 de Abril em Coimbra, teve como equipas participantes a Associação Académica de Coimbra, a Universidade do Porto (Campeã em 2008/2009 e 2009/2010), o Instituto Politécnico do Porto e a Associação Académica da Universidade do Minho.

Foi aliás contra esta última que a Académica iniciou a sua investida rumo ao título.
Num jogo em que os estudantes foram claramente superiores a Universidade do Minho foi vencida por 7-1.
Por sua vez o Politécnico do Porto bateu a Universidade do Porto por 7-4.

No dia seguinte a Académica de Coimbra defrontou a Universidade do Porto, a quem já só a vitória interessava.

Ao intervalo, apesar do enorme equilibrio no jogo, a Académica vencia por 3-1 e, logo no começo do 2º tempo, os estudantes fizeram o 4º golo.
Sem nada a perder a equipa da Universidade do Porto começou a arriscar mais e a atacar constantemente a baliza mas uma solidez defensiva enorme demonstrada pela defesa da equipa de Coimbra e uma excelente exibição do guarda-redes João Duarte impediram que a UP reduzisse a vantagem da Académica.

Sem alternativas, nos últimos minutos do encontro a Universidade do Porto arriscou tudo trocando o seu guarda-redes por um 5º jogador de campo, facto que foi aproveitado pelos locais para aumentarem a sua vantagem para uns esclarecedores 9-1.
A Universidade do Porto viu neste jogo dois dos seus jogadores serem expulsos pela dupla de arbitragem.
A vitória do Politécnico do Porto ante o Minho por 16-5, fazia com que as duas equipas estivessem empatadas no topo da classificação com os mesmos pontos e a mesma diferença de golos.
No último dia da competição, a Universidade do Porto assegurou o 3º lugar vencendo a equipa minhota por 7-1.

O jogo entre a Académica de Coimbra e o Politécnico do Porto atribuiria o título de campeão nacional.

Com um pavilhão muito bem composto, com muitos adeptos locais e forasteiros, realizou-se o melhor espectáculo do torneio com um jogo de resultado incerto até ao final.

A Académica até começou o jogo da melhor forma com um golo de Filipe Vaz aos 6 minutos, mas o IPP empatou aos 14. Antes do fim da primeira parte uma boa jogada de Fábio Barqueiro e João Pereira dá o golo a este último.

A equipa do IPP respondeu com 2 golos no inicio da 2ª parte, facto que não fez abalar a confiança da equipa dos estudantes e uma boa jogada de entendimento de Filipe Duarte e Pedro Coelho dá o 3-3 à equipa de Coimbra.

Os últimos 10 minutos do encontro foram muito emotivos, 1 golo poderia ser fatal para qualquer equipa.
Se o jogo se mantivesse empatado, o campeão nacional iria ser atribuido pelo 6º critério de desempate (menor número de sanções no torneio), critério que era favorável aos estudantes por não terem tido qualquer sanção ao passo que o IPP tinha recebido 1 cartão azul no dia anterior.
Sabendo deste facto, a equipa de Coimbra geriu o jogo a seu favor não arriscando em demasia na ponta final.
Quando o árbitro apitou a equipa da Associação Académica de Coimbra fez a festa, mas o título foi apenas confirmado mais de meia hora depois pelos membros da Federação Académica do Desporto Universitário.

Parabéns Associação Académica de Coimbra! Parabéns Universidade de Coimbra! Obrigado aos vários clubes que cederam os seus jogadores para participarem no Campeonato Universitário pela sua Academia! 

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...