Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Formação Minhota : Estalou o verniz entre EDV e Juventude de Viana

Formação Minhota : Estalou o verniz entre EDV e Juventude de Viana
O protocolo entre a Escola Desportiva de Viana e a Juventude de Viana, no que respeita à formação dos jovens jogadores, não está a ser cumprido. Cinco...



O protocolo entre a Escola Desportiva de Viana e a Juventude de Viana, no que respeita à formação dos jovens jogadores, não está a ser cumprido. Cinco juvenis da EDV rumaram para o Campo/Barcelos e um outro para o HC Braga, o que põe em causa a continuidade do escalão júnior da Juventude de Viana.Em declarações à Geice FM, o presidente da Juventude Rui Natário, explicou o reboliço que acabou por ser criado com uma má interpretação das informações.O dirigente assume, inclusivamente, que houve três reuniões na autarquia com a presença do vereador do desporto, Vítor Lemos, os presidentes dos dois clubes vianenses, bem como do presidente da Mesa da Assembleia Geral da EDV, Alberto Midões. Sendo que na ultima reunião entre as três partes ficou acordado que a Escola Desportiva Viana iria agendar uma reunião entre os atletas, os pais dos atletas e os dirigentes da Juventude Viana. Algo que não veio a acontecer e que a Juventude já tinha tentado por várias vezes a marcação dessa reunião juntos dos responsáveis da Escola.Por parte da Juventude de Viana houve três tentativas para que se realizasse uma reunião com os pais dos juvenis a fim de explicar o seu projecto desportivo para a próxima temporada. Reunião que nunca viria a acontecer até ao passado dia 4 (maio), onde apenas apareceram os representantes de um atleta e já com a confusão instalada.Em anos anteriores a passagem dos juvenis a juniores é feita automaticamente. “Nós aceitamos sempre todos os atletas que vêm da EDV, pois é algo natural no processo formativo de um atleta que desenvolve esta modalidade na cidade de Viana do Castelo”, vincou Rui Natário.Segundo foi possível apurar, a EDV alega ainda a sedução de jogadores com propostas enganadoras, justificando assim a saída dos juvenis para Campo.Por seu lado a Juventude de Viana explica que o que se passou foi que com a saída do Leonardo Pais (guarda-redes) e de alguns jogadores de ringue ficaram algumas vagas em aberto e os dirigentes da Juventude abordaram aqueles jogadores que na sua opinião teriam mais potencial e propuseram-lhes a integração na equipa sénior. Não quer isso dizer que deixassem de jogar nos juniores.Apesar do projecto apresentado ao Gonçalo Neto e ao Bruno Guia ser sedutor, esta proposta viria a cair por terra, por os mesmos não a terem aceite. Entretanto vem ao de cima que os mesmos vão para outros clubes e quebra-se o protocolo que existia.O não ingresso dos juvenis nos juniores é também justificado pelo facto de os atletas não quererem fazer parte da Juventude de Viana, mas o que é certo é que os dirigentes da Juventude de Viana quiseram saber o porquê e queriam explicar o seu projecto, porém o interesse nunca apareceu. “Até hoje não sei porque não querem ingressar na Juventude”, lamentou Rui Natário.Com toda esta confusão está em causa a formação do escalão de juniores da Juventude por falta de elementos, uma vez que só transitam dois atletas. Esta situação, caso se concretize, será inédita, já que a Juventude Viana sempre apresentou o escalão júnior ao longo da sua história.A Geice conseguiu ainda apurar, que a formação do escalão de sub 20 na Escola Desportiva de Viana foi sondada no seio do clube, tendo sido mesmo abordados alguns atletas juniores da Juventude de Viana, para ingressarem nesse novo projecto.Contactado pela Geice, o presidente da EDV, Rui Silva, promete esclarecimentos para mais tarde.
fonte: Radio Geice

Fonte: Hóquei Minhoto

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...