Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Conselho de disciplina da FPP aceita protesto do Cartaipense em relação ao jogo com o OC Barcelos B

Conselho de disciplina da FPP aceita protesto do Cartaipense em relação ao jogo com o OC Barcelos B
E agora?O conselho de disciplina aceito o protesto do Cartaipense feito sobre o jogo da 4ª jornada disputado com o OC Barcelos B para o nacional da te...



E agora?
O conselho de disciplina aceito o protesto do Cartaipense feito sobre o jogo da 4ª jornada disputado com o OC Barcelos B para o nacional da terceira divisão, zona norte.
Tudo isto acontece quando estão marcados para o próximo fim de semana os jogos de apuramento de campeão com o OC Barcelos B a jogar em Campo de Ourique e o Cartaipense a medir forças na Parede para a liguilha.

O apuramento do CART para disputar a liguilha de subida de divisão não esmoreceu a vontade dos seus responsáveis em ver esclarecido um assunto que se arrasta desde Outubro último e que respeita à possível utilização irregular de dois atletas, por parte do OC Barcelos “B” na partida disputada contra os taipenses.A Direção do CART não se dá por vencida e, acima de tudo, por convencida, com os argumentos apresentados pela Federação Portuguesa de Patinagem (FPP) relativamente à utilização de jogadores das equipas “A” dos clubes, nas suas formações “B”.

Nesse sentido, a coletividade taipenses formalizou, no passado dia 4 de Maio, junto do órgão competente da FPP, um protesto pela utilização irregular de dois jogadores, por parte do OC Barcelos “B”, no jogo relativo à 4ª jornada do campeonato que se realizou a 26 de Outubro de 2014 e que opôs a equipa barcelense aos taipenses onde os primeiros venceram por 4-2.

Em causa está a utilização de dois jogadores na equipa “B”, sem que tenham completado as 48 horas de descanso previstas no ponto 14 do artigo 36ª do Regulamento Geral do Hóquei em Patins, após terem realizado uma partida pela equipa “A”. Esta questão já havia sido levantada pelo CART, junto da FPP, em forma de “pedido de esclarecimento”. A resposta dos responsáveis federativos foi contrária à posição dos taipenses alegando que os atletas em causa, inscritos como sub-20, deveriam apenas aguardar as 15 horas previstas no número 1 do artigo 42º do referido regulamento.

A Direção do CART, liderada por António Lima Pereira, continua a não aceitar tal argumento e formalizou o referido protesto na expetativa de que lhe seja dada razão e que, dessa forma, possa subir diretamente de escalão dado que, numa decisão favorável ao protesto apresentado, serão retirados ao OC Barcelos e somados ao CART os três pontos em disputa no jogo em causa. Os dirigentes taipenses estão dispostos a levar o assunto às últimas consequências pelo que, caso a primeira decisão não seja favorável, partirão para o recurso junto do Conselho de Justiça da FPP.

O protesto foi aceite pela FPP que agora terá de ser célere na decisão, uma vez que já está agendada, para 9 de Maio, a 1ª jornada da liguilha de subida que colocará frente a frente as formações do Parede e do CART, conforme calendário publicado no site da FPP.
Apoio: Reflexo Digital 

Fonte: Hóquei Minhoto

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...