Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Vic afasta FC Porto da final, no prolongamento

Vic afasta FC Porto da final, no prolongamento
A cerca de trinta segundos do final da primeira parte [...]

A cerca de trinta segundos do final da primeira parte do prolongamento, “Mia” Ordeig festejava o golo de ouro, aquele que garantia ao Club Patí Vic a presença na final da Liga Europeia de Hóquei em Patins 2014/15.

Cerca de cinco anos depois, o CP Vic volta, de novo, a marcar presença numa final, a terceira no seu historial.

Em caso de vitória, esta seria a terceira presença consecutiva do FC Porto na final da prova…

Num jogo tão equilibrado como se esperava, a primeira parte acabou sem golos, tendo sido caracterizada por um duelo interessante do ponto de vista táctico, com alguma superioridade portista no ataque, mas com uma excelente organização defensiva da equipa catalã, o que se traduziu num nulo ao intervalo.

Na segunda parte, apesar de a equipa portuguesa continuar a dominar, acabou por ser o CP Vic a inaugurar o marcador, com Cristian Rodríguez a festejar, aos 32min. Pouco depois, Hélder Nunes esteve perto de fazer o empate, numa jogada individual. Quis a sorte (ou o azar…) que, depois de fintar o guarda-redes Carles Grau, o jovem visse a bola a embater no poste…

O empate a uma bola chegou sensivelmente a meio da segunda parte. Um jogador do Vic jogou a bola com o patim e o árbitro assinalou uma grande penalidade. Chamado a marcar, o capitão de equipa, Reinaldo Ventura, não desperdiçou.

Seguiram-se dois minutos “loucos”, com Cristian Rodríguez a bisar e com os portistas a responder rapidamente, com Jorge Silva a empatar de novo a partida.

Nos últimos minutos da partida, voltou-se ao estilo de jogo que se tinha praticado na primeira parte, talvez “apimentado” com alguma dureza do Vic que, apesar de tudo, “parou” à 9ª falta de equipa.

O tempo regulamentar chegou ao fim e, com um empate a duas bolas, o jogo seguiu para prolongamento.

Chegado ao tempo extra, “Mia” Ordeig brilhou, ao fazer um remate de meia-distância que apanhou de surpresa Edo Bosch e que eliminou o Futebol Clube do Porto.



Fonte: Modalidades

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...