Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

LEÃO VOLTOU A “RUGIR” NA EUROPA

LEÃO VOLTOU A “RUGIR” NA EUROPA
Foto: Marzia CattiniNuma final europeia decida nas grandes penalidades após um empate a duas bolas, o Sporting venceu o Reus e conquistou a 3ª Taça CE...

Foto: Marzia Cattini
Numa final europeia decida nas grandes penalidades após um empate a duas bolas, o Sporting venceu o Reus e conquistou a 3ª Taça CERS na história do clube.
A equipa leonina entrou bem na partida e logo ao minuto três inaugurou o marcador com um golo de Tiago Losna, no lance o guardião Roger Molina ficou muito mal na  “fotografia”.
O jogo até ao intervalo esteve num registo do Reus a tomar conta da bola e a colocar por muitas vezes a baliza leonina em sobressalto, algumas intervenções de Ângelo Girão colocavam o Sporting a vencer por 0-1 ao intervalo.
Já na segunda parte o Sporting continuava a dar a posse de bola aos espanhois, até certa altura o Reus começou a tentar alvejar a baliza leonina com remates de meia-distancia.
Aos treze minutos da segunda parte Marc Coy colocou uma igualdade no marcador.
Depois do golo sofrido o Sporting tremeu e atingiu a 10ª falta, na conversão do livre directo Marc Coy não converteu com sucesso a bola parada. Coy não marcou de bola parada mas num remate de longe fez o 2-1 a nove minutos do final da partida.
A jogar contra ao tempo e com o Reus nas nove faltas, o Sporting começou a pressionar mais e a despejar bolas na área adversaria a procura do golo do empate. Numa dessas bolas, João Pinto apareceu sozinho na área e fez o 2-2 a quatro minutos do final do encontro. 
Os 50 minutos de jogo e os 10 minutos de prolongamento terminaram com o 2-2 no marcador e com Reus nas 9 faltas e o Sporting nas 14 faltas.
Nas grandes penalidades o Sporting levou a melhor sobre os espanhóis, em cinco oportunidades o Reus apenas marcou uma vez por Joan Salvat. O Sporting só precisou de quatro oportunidades e viu Nico Fernandez e Poka converterem duas delas em golo.

Na lotaria das grandes penalidades o herói foi o mesmo de sempre, Ângelo Girão brilhou a grande altura e deu a Taça CERS ao Sporting Clube de Portugal.                  

Fonte: Best Hóquei

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...