Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

AD Sanjoanense: Esperança que a defesa seja o melhor ataque

AD Sanjoanense: Esperança que a defesa seja o melhor ataque
Marco Lopes é a última barreira para os adversários ultrapassarem. Com as suas defesas vistosas, o experiente guardião mantém elevado o ritmo cardíaco dos sanjoanenses. Natural de Cucujães, mas há nove épocas a vestir o preto e branco, Marco será, certame

Marco Lopes é a última barreira para os adversários ultrapassarem. Com as suas defesas vistosas, o experiente guardião mantém elevado o ritmo cardíaco dos sanjoanenses. Natural de Cucujães, mas há nove épocas a vestir o preto e branco, Marco será, certamente, uma figura-chave na decisiva receção aos Tigres no próximo dia 18. Os alvi-negros estão obrigados a triunfar pois outro cenário que não a vitória devolve o clube à II divisão. “Todo o plantel está ciente que é um jogo importantíssimo e decisivo para o nosso objetivo.”, começa por dizer o jogador de 34 anos que apela à mística alvi-negra. “Antes dos aspectos técnicos e táticos temos que ter um espírito de guerreiros, de estar focados unicamente no jogo”.

Para além da importância essencial da conquista dos três pontos, a equipa treinada por Vítor Pereira vai tentar operar uma autêntica “remontada” ao estilo sanjoanense para reviravolta. Isto porque, para as contas da manutenção, o confronto direto poderá ser fator de desempate no final do campeonato. A derrota (8-4) na primeira volta em Almerim terá que ser contornada com uma goleada por uma margem, no mínimo, de cinco golos. Mas não valerá de nada aos alvi-negros estarem de pontaria afinada, se a defesa não for assertiva. “Uma defesa segura é muito importante para o desenrolar do jogo, temos que ser eficazes tanto a defender como a atacar para conseguirmos reverter o confronto direto.”, atira Marco Lopes.

Apesar da missão difícil que a formação da capital do calçado vai enfrentar nestas três últimas rondas, o guarda-redes destaca a importância dos adeptos. “Com o ambiente escaldante com que temos sido brindados no nosso pavilhão, certamente vamos ter mais força e alento para pôr em prática todas as nossas armas. A forma incondicional como nos apoiam são um exemplo e uma prova de confiança na equipa.”, explica Marco que revela sentir-se em dívida para com os sanjoanenses. “Tenho o privilégio de estar dentro de pista e ver à minha volta aquele espetáculo que são os nossos adeptos. São uma inspiração para nós e espero gratificá-los no final com uma vitória que bem merecem.”, deseja.

Decisivo no caminho que trouxe a Sanjoanense à I Divisão – defendeu três grandes penalidades no play-off frente ao Braga – Marco Lopes não pensa sequer voltar ao escalão secundário. “Não penso nisso por ser triste demais, depois de tantos contratempos que tivemos esta época espero que a estrelinha da sorte nos acompanhe, nestes últimos três jogos. Mas se isso acontecer, não vai demorar tanto tempo para a ADS voltar à I Divisão.”, assegura. “Com a Sanjoanense na I Divisão, o hóquei patins só tem a ganhar pois o espetáculo e a forma como se vive e respira hóquei nesta cidade é única.”, finaliza.



Fonte: ADS

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...