Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

UNIÃO REGRESSA ÀS VITÓRIAS COM TRANQUILIDADE

UNIÃO REGRESSA ÀS VITÓRIAS COM TRANQUILIDADE
Depois da expressiva derrota no Jácome Ratton frente ao SC Tomar, o União FE regressou ao Albano Mateus para receber a AJ Salesiana e apesar das banca...

Depois da expressiva derrota no Jácome Ratton frente ao SC Tomar, o União FE regressou ao Albano Mateus para receber a AJ Salesiana e apesar das bancadas algo despedidas venceu com tranquilidade por 7-0 a equipa que viajou desde o Estoril.

Foto de arquivo: Barros Simões

A equipa de Luís Duarte apresentou-se no Entroncamento "amputada" de três elementos de referência, Tiago Afonso (gr), Tiago "Ginjas" Monteiro e Pedro Santos e adoptou uma estratégia defensiva fechado no seu quadrado esperando que o adversário cometesse erros. Por seu turno a equipa de Pedro Nobre ciente das baixas do adversário entrou a pressionar e a tentar desmontar o quadrado, utilizando a artilharia pesada com seticadas de meia distância. O primeiro golo viria a surgir com sete minutos decorridos por intermédio de Nuno Nobre, que volvidos quatro minutos aumentaria para 2-0. Com o União a dominar e a equipa da Salesiana a partir para o ataque organizado sempre que podia e espreitando sempre o contra-ataque, o resultado manteve-se até aos dezassete minutos quando Rui Alves numa "calhoada cá de fora" fez o 3-0 resulto que se manteve até ao apito para o intervalo.
Intervalo: União FE 3  -  AJ Salesiana 0  (Faltas: 8 - 4)
A etapa complementar traz o mesmo cariz de jogo do primeiro tempo com o União com mais posse de bola, mas com a Salesiana a tentar reduzir a diferença no marcador, que poderia ter conseguido com cerca de dez minutos jogados, mas Tomás Silva desperdiçou o livre directo correspondente à 10ª falta Unionista. Não aproveitou a equipa da Linha, aproveitou o União para dilatar o resultado através de Pedro Brazete num lance em que fica a sensação que o jogador da equipa da casa empurra a bola para a baliza com o patim. Com pouco menos de quinze minutos para se jogar e com o resultado confortável o União foi gerindo a posse de bola e voltaria a marcar por Pica na marcação do livre directo da 10ª falta adversária. O placard marcava 12'49'' para se jogar e 5-0 e poderia dizer-se que mais golo daqui, mais golo dali a vitória não fugiria à equipa da Cidade Ferroviária. No minuto seguinte David Vieira desperdiça uma grande penalidade ao seticar com violência à barra da baliza de João Alves. Foi preciso esperar dois minutos para se gritar de novo golo do União, golo que surgiu numa seticada de longe de Pedro Brazete. A equipa do Estoril têm nova hipótese de reduzir à entrada dos últimos cinco minutos e novamente num lance de bola parada, mas João Oliveira não consegue concretizar o livre directo da 15ª falta Unionista. Já no ultimo minuto surgiria o golo que fechou o marcador e na sequência de um livre directo apontado por Pica motivado pelo azul visto pelo "keeper" da Salesiana.
Final: União FE 7  -  AJ Salesiana 0  (Faltas: 17 - 13)
Vitória justa do União num jogo onde soube aproveitar as oportunidades criadas e criar estratégias para desmontar a bem montada defesa adversária. A  AJ Salesiana apresentou-se desfalcada no Entroncamento, mas não voltou a cara á luta e utilizando as suas valências criou dificuldades ao União e valorizou a sua vitória.
A dupla de arbitragem que viajou de Leiria constituída por Luís Correia e Armando Henriques acabou por realizar uma exibição sofrível errando para ambos os lados, ficando na retina um lance na 1ª parte na altura em que o União vencia por 2-0, e o lance na área Unionista poderia ter valido azul para Káká e grande penalidade e no 2º tempo um desarme a Brazete (em cutelo) dentro da área que passou impune com o arbitro a meio metro. Uma dupla notoriamente a precisar de reciclagem e rever processos.
União FE (7): Ricardo "Káká" Correia (gr), Nuno Nobre (2), David "Rosca" Vieira", Carlos "Pica" Fonseca (2) e Rui Alves (1)Suplentes: Ricardo Rosa (gr), Eduardo Fernandes, Pedro Brazete (2), Bruno Pereira (c) e Tiago PereiraTreinador: Pedro NobreAJ Salesiana (0): João Alves (gr), Luís Marques, João Oliveira, Tomás Silva (c) e Leonardo MonteiroSuplentes: Guilherme Pereira (gr), Alexandre Duarte, Nuno Gomes, Miguel Mendes e André RaposoTreinador: Luís Duarte
Com esta vitória, a primeira sem sofrer golos, o União subiu três posições na tabela classificativa, é agora 7º com 22 pontos e na próxima jornada desloca-se até Sintra para defrontar a UDC Nafarros que ocupa a 10ª posição com 21 pontos. A AJ Salesiana mantêm os 22 pontos é 8º classificado e na próxima jornada recebe o Alcobacense CD que ocupa a 13ª posição com 12 pontos.

Fonte: Francisco Gavancho / Cartão Azul

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...