Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Benfica arrasa fortaleza leonina

Benfica arrasa fortaleza leonina
O Benfica venceu este sábado o Derby com o Sporting por claros 0-7, naquela que foi a primeira derrota dos leões na sua casa do Livramento. Os encarna...

O Benfica venceu este sábado o Derby com o Sporting por claros 0-7, naquela que foi a primeira derrota dos leões na sua casa do Livramento.

Os encarnados vinham de um final de 2014 em grande – com vitórias sobre Porto e Valongo – a que deram continuidade no primeiro jogo de 2015, em Almeirim, mas tinham um enorme desafio pela frente. O Sporting ainda não tinha perdido em casa para o Campeonato e jogava perante um público entusiasta – a puxar pela equipa do primeiro ao último minuto – que lotou o pavilhão do Sporting Clube do Livramento.

Concentração defensiva foi chave na vitória encarnada

Pedro Nunes armou o seu cinco de forma a tapar todos os caminhos para a sua baliza e a primeira parte foi praticamente perfeita. Os encarnados anularam a meia-distância leonina e Trabal praticamente não teve trabalho. Ainda antes do tento inaugural de João Rodrigues, aos nove minutos, o Benfica dispôs de boas oportunidades para marcar, fruto de falhas na recuperação defensiva dos jogadores do Sporting, valendo Ângelo Girão. Aos oito minutos, Tiago Losna travou a saída para contra-ataque de Carlos Lopez e viu o azul. Nicolía entrou só para tentar bater o dono da baliza da Selecção Nacional da marca de livre directo mas o guardião foi mais forte. Mas pouco pode fazer, cerca de um minuto depois, com o Benfica a abrir o marcador em superioridade numérica.

Nuno Lopes procurou a reacção, primeiro com André Pimenta no perímetro e depois com “Nico” Fernández a tentar jogar nas costas da defensiva encarnada, mas faltavam soluções para ultrapassar o acerto das águias. E aos 12 minutos, Estebán Abalos fez o segundo. A primeira parte seria ainda coroada com os golos de Nicolía e de Valter Neves, este a concluir uma jogada de contra-ataque muito bem desenhada.

Toque a reunir leonino ao intervalo. Sem sucesso...

O 0-4 registado ao intervalo pedia ao Sporting uma tarefa praticamente impossível. Os leões entraram mais agressivos, mais incisivos e logo no primeiro minuto conseguiram um livre directo, por azul a Carlos Lopez. Mas Poka não conseguiu bater Trabal e o Benfica conteve a reacção. Os encarnados, ao contrário do habitual, rodaram pouco o cinco – até perto do final entrou apenas Nicolía – e não foram tão atrevidos ofensivamente mas estiveram irrepreensíveis tacticamente. Pedro Nunes, com um azul visto por palavras, quase traía o trabalho dos seus pupilos mas, a menos de nove minutos do apito final, João Pinto também não conseguiu transformar novo livre directo em golo.

Benfica respira confiança

E um Sporting animicamente de rastos foi presa fácil de um Benfica a quem tudo parece correr bem. Nos derradeiros cinco minutos, Miguel Rocha, João Rodrigues e Carlos Nicolía fizeram o resultado disparar para um pouco esperado 0-7, selando uma vitória e três pontos que mantém os encarnados no topo da classificação.

Na sequência das excelentes exibições do último mês, fica a pergunta: quem parará este Benfica? Tem a palavra o Barcelona, já no próximo sábado e na Luz, em jogo a contar para a Liga Europeia.



Veja esta e outras noticias em: HoqueiPT

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...