Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

PAULO FREITAS FAZ BALANÇO: “SATISFEITO COM O TRABALHO DE TODOS”

PAULO FREITAS FAZ BALANÇO: “SATISFEITO COM O TRABALHO DE TODOS”
Os minhotos do OC Barcelos foram a equipa sensação desta primeira metade do campeonato 14-15, a fechar o ano de 2014 a equipa de Paulo Freitas parte p...

Os minhotos do OC Barcelos foram a equipa sensação desta primeira metade do campeonato 14-15, a fechar o ano de 2014 a equipa de Paulo Freitas parte para o ultimo jogo, da 1ª volta que se joga este sábado, na 5ª posição da tabela classificativa.
Com doze jornadas jogadas o Barcelos somou até ao momento 21 pontos somados com seis vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas, destaque para o empate frente ao SL Benfica a cinco bolas em Barcelos.
Nas competições europeias a equipa de Barcelos também esta em grande forma, os barcelenses estão nos oitavos de final da Taça CERS depois de terem ultrapassado os espanhóis do Noia, na próxima faze da prova o OC Barcelos irá defrontar os alemães do Cronenberg.
O Besthoquei esteve à conversa com o treinador Paulo Freitas que nos respondeu a algumas questões sobre a época da sua equipa.
A 1ª volta do campeonato esta prestes a fechar faltando apenas o jogo do próximo sábado com a Oliveirense, que balanço faz desta primeira metade do campeonato?Penso que temos vindo a fazer um campeonato interessante e a prova disso é que temos conseguido manter um lugar entre os 5 primeiros classificados
Com doze jornadas jogadas a sua equipa apenas foi derrotada por duas vezes, em casa com o FC Porto e no reduto do Sporting CP, acredita que é possível melhorar em termos de resultados para a 2ª volta?Trabalhamos diariamente todos para conseguirmos melhorar sempre. Este é um lema e compromisso que temos, pelo que não enjeitaremos essa possibilidade, cientes é claro das dificuldades que iremos encontrar
Um dos grandes resultados do Oquei nesta primeira volta foi o empate obtido em casa frente ao SL Benfica por cinco bolas, este jogo ficou marcado por polémica fora e dentro de rinque, como viu o Paulo este jogo?Assistimos a um jogo de grande emotividade, com alternâncias no marcador e muito bem jogado durante largos períodos. Dentro de pista não se passou nada de anormal, apenas e só duas equipas a lutar arduamente pelos três pontos. Quanto ao resto passa- nos completamente ao lado, sendo que o mais importante é enaltecer a grande qualidade que as duas equipas demonstraram durante os 50 minutos e o respeito que as três equipas tiveram umas pelas outras (Óquei de Barcelos, Benfica e equipa de arbitragem). Acabou por nos saber a pouco, pois sofremos o empate a 6 segundos do fim, contudo temos a noção que nos conseguimos bater com uma das melhores equipas do mundo
Fazendo já uma antevisão do jogo com a Oliveirense, o que espera deste jogo?Espero o mesmo de sempre, ou seja, uma equipa concentrada, determinada e a lutar pela vitória, sabendo que pela frente vai encontrar uma grande equipa, que não começou bem o campeonato mas que se encontra em franca recuperação (4 vitórias nos últimos 4 jogos). Não nos podemos igualmente esquecer que se trata de uma equipa que era apontada como candidata ao título. Vai ser difícil para as duas equipas mas deixaremos tudo na pista.
Falando na Taça CERS, para surpresa de muitos o Barcelos está nos Oitavos da prova depois de ultrapassar os espanhóis do Noia, visto o que já fez a sua equipa na eliminatória passada, que objectivos tem agora o Barcelos na prova tendo agora os alemães do Cronenberg pela frente?Temos o objectivo claro de passar a eliminatória, com a perfeita noção de que temos que apresentar o mesmo nível que tivemos com o Noia pois o hóquei alemão tem tido uma grande evolução, sinal evidente disso é o 4 lugar que conquistaram no último campeonato da Europa de seleções.
A nível pessoal, que balanço faz desde que chegou ao comando técnico do OC Barcelos?Satisfeito com o trabalho que todos (jogadores, staff, direção e adeptos) vimos desenvolvendo e orgulhoso por representar um grande do Hóquei em Patins nacional e internacional.
Que objectivos de carreira de treinador tem o Paulo Freitas?A carreira de um treinador é o presente e esse é o Óquei de Barcelos, pelo que tenho apenas o objectivo imediato de honrar o grande clube que represento e fazer parte do ressurgimento do mesmo no panorama hoquístico
O ano de 2014 está a terminar, que desejos para o OC Barcelos e para o hóquei em patins em geral para 2015 tem o Paulo Freitas? Para o meu Óquei de Barcelos que consigamos ganhar já no próximo sábado e que tudo de bom nos possa acontecer. Para o hóquei em patins em geral gostava que a minha modalidade voltasse a ter o reconhecimento que já teve noutros tempos, que pudéssemos reconquistar o lugar de segunda modalidade do Pais e que internacionalmente pudéssemos continuar a dar passos sustentados para que a modalidade possa ser jogada cada vez mais em mais países e que a evolução dos mesmos continue a ser uma realidade, para que o nível competitivo seja cada vez mais elevado. Porque entendo igualmente que existem valores mais importantes na vida para além do desporto, não queria deixar de expressar o meu desejo que 2015 pudesse trazer definitivamente a Paz a todos os cantos do mundo e uma vida mais digna a todos os seres humanos, pois ninguém merece passar por algumas privações que sabemos que infelizmente existem. Bom Ano a todos

Fonte: Best Hóquei

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...