Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Noia e Barcelona fecham a OK Liga em 2014

Noia e Barcelona fecham a OK Liga em 2014
Noia e Barcelona fecham este domingo o ano de 2014 no que a OK Liga diz respeito. A partida entre o actual sexto classificado Noia e o líder Barcelona...

Noia e Barcelona fecham este domingo o ano de 2014 no que a OK Liga diz respeito. A partida entre o actual sexto classificado Noia e o líder Barcelona, já separados por 16 pontos ao fim de 13 jornadas, vai muito para além da classificação actual das duas equipas.

Sant Sadurni d’Anoya viu nascer para o hóquei jogadores como Marc Gual, Jordi Bargalló ou Pedro Gil mas em termos de títulos sempre viveu na sombra do FC Barcelona. Daí que a conquista da Taça Continental pela equipa de Ferran López em Setembro último e em pleno Palau tenha um significado muito especial.

Lluis Gil esteve em destaque nas duas mãos da Taça Continental

Mas, infelizmente, a segunda mão da Taça Continental – ganha pelo Noia no desempate por grandes penalidades – ficou também marcada por uma dentada de Borja Ferrer a Sergi Panadero. Os dois jogadores envolveram-se para além do razoável e, no chão, o jogador do Noia acabou por morder o histórico do Barcelona num braço. Na pista, a dupla de arbitragem resolveu com um azul a cada um. A dentada – de que Borja se retractou logo após o apito final - acabou por não ser referida na ficha de jogo mas o adjunto Jordi “Tino” Martinez fez uma exposição ao CERH, levando à suspensão do jogador.

O Barcelona é o actual detentor da Liga Europeia, ao passo que o Noia conquistou a Taça CERS

Entretanto o Barcelona repreendeu o seu delegado e demarcou-se da posição deste, explicando em carta dirigida ao CERH que não pretendia o castigo do adversário.

Ainda sem castigo conhecido para Borja Ferrer, os dias que têm antecedido o jogo deste domingo têm sido marcados pela pressão rojinegra, ameaçando nas redes sociais com um ambiente terrível para os blaugrana.

Marc Gual, um 'sandurninense' em Barcelona

No entanto, as duas equipas já deram um primeiro passo para o entendimento. Josep Ramon Vidal Abarca, director do Barcelona, e Jaume Esteva, presidente do Noia, encontraram-se e decidiram pôr um ponto final numa guerra que já ultrapassou em muito o plano desportivo. E, de forma a não incendiar o ambiente, o Barcelona acedeu a não levar o delegado Tino Martinez a Sant Sandurni.

Mas este caso com Borja Lopez foi só mais uma acha para uma fogueira que pegou fogo há sensivelmente um ano atrás. Na altura, no Ateneu, casa do Noia, o Barcelona arrancou um empate a um nos instantes finais. Mas também não foi o resultado que ficou para a história. Os técnicos Ricard Muñoz e Ferran López envolveram-se nos bancos e o técnico do Noia acabou por ir alimentando a polémica com provocações ao treinador blaugrana em diversas entrevistas. Assim, para as duas mãos da Taça Continental, antes da dentada de Borja, a atmosfera já era de cortar à faca…

Ricard Muñoz

Na antevisão do encontro, Ricard Muñoz relativizou a polémica, cingindo-se ao espectáculo desportivo e esperando no final somar mais três pontos. “Quando o Barcelona vai fazer um jogo, as expectativas são sempre as de oferecer um bom espectáculo e de conquistar os três pontos. Vamos a Sant Sandurni deixar uma boa imagem e dar um bom espectáculo”, promete, estando ciente das dificuldades. “Todos os jogos são difíceis, não há nenhuma partida que possamos dizer que está ganha antes de a jogarmos. Sabemos que Sant Sandurni é uma pista muito difícil, como há outras na OK Liga, mas quando estão as duas equipas que são detentoras dos títulos europeus, é certo que vai haver um bom espectáculo desportivo”, augura. “Quem quiser ganhar tem de estar a um nível muito bom”, conclui.



Veja esta e outras noticias em: HoqueiPT

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...