Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

JOGO EMOTIVO E UM EMPATE QUE SE ACEITA

JOGO EMOTIVO E UM EMPATE QUE SE ACEITA
O União que vinha de uma serie de jogos sem vencer recebeu esta tarde o Albano Mateus a AD Oeiras em jogo a contar para a 12ª jornada da II divisão Su...

O União que vinha de uma serie de jogos sem vencer recebeu esta tarde o Albano Mateus a AD Oeiras em jogo a contar para a 12ª jornada da II divisão Sul e o empate 5-5 manteve a equipa de Pedro Nobre sem conhecer o sabor da vitória há cinco jornadas a esta parte.

Foto: Carlos Emidio Martins - Plurisports

Com a equipa de Carlos "Capi" Pires a entrar determinada a sair da Cidade Ferroviária com um resultado positivo que seria certamente a vitoria na ideia do técnico Oeiras, o União foi fechando os caminhos sua baliza e procurando a sua sorte em jogadas organizadas e em seticadas de fora da área e seria numa dessas seticadas que os alvi-negros se adiantariam no marcador com Rui Alves da zona de meio-campo a fazer o 1-0. A equipa da Linha continuou a manter-se por cima da partia, sendo mais acutilante e a criar mais oportunidades de golo e resultado disso mesmo Tiago Gouveia numa jogada de insistência empata a contenda estavam decorridos cerca de 15 minutos de jogo. O golo do Oeiras despertou a equipa Unionista que a cerca de três minutos do final e através do regressado Pedro Brazete (após ausência por lesão) se coloca de novo na frente do marcador, resultado que se manteve até ao intervalo.

Intervalo: União FE 2  -  AD Oeiras 1  (Faltas: 6 - 5)
 A etapa complementar traz de novo um Oeiras apostado em decidir o jogo a seu favor, frente a um União sereno a defender bem e  a aproveitar as oportunidades e a os erros adversários, mas seria a equipa forasteira a chegar ao empate através de um "golo de bandeira" de Diogo Alves estavam decorridos cerca de sete minutos de jogo. Reagiu de imediato a equipa de Pedro Nobre que volvidos três minutos chega de novo à liderança com Pica a emendar à boca da baliza um passe açucarado de David Vieira. No minuto seguinte é de novo Pica que tem no setique a hipotese de aumentar, mas desperdiça uma grande penalidade, mas redime-se dois muitos volvidos numa seticada colocada de fora da área faz o 4-2. Com o Oeiras a correr atrás do prejuízo André Garção desperdiça o livre directo correspondente à 10ª falta Unionista, mas Tiago Gouveia trinta segundos depois e numa seticada de fora da área reduz para 4-3. Com menos de 10 minutos para se jogar Pica tem de novo a hipótese de dilatar o marcador, mas não consegue concretizar o livre directo da 10ª falta do Oeiras. Com o jogo preso por um golo de diferença seria Paulo Rosa a empatar a partida a seis minutos do final. Com o jogo divido em oportunidades numa e noutra baliza seria de novo o União achegar à vantagem através de Pica faltavam quatro minutos para o final. Foi preciso apenas esperar cerca de trinta segundo para o empate regressar de novo ao placard e através de um golo de Paulo Rosa. Até ao apito final da dupla Portuense varias oportunidades de golo para ambos os conjuntos mas o resultado teimou em não se alterar.

Final: União FE 5  -  AD Oeiras 5  (Faltas: 11 - 13)
 Num jogo "rasgadinho" e jogado em velocidade e onde o Oeiras teve mais posse de bola pode dizer-se que o resultado se ajusta, apesar da equipa de Pedro Nobre ter estado sempre na frente do marcador frente a uma equipa que nunca desistiu de pontuar no Entroncamento.

A dupla de arbitragem que viajou do Porto e constituída por Sofia Ferreira e Sílvia Coelho tiveram uma actuação positiva, muito mas muito superior às ultimas que temos visto no Albano Mateus, nomeadamente às que Leiria aqui ali viajam ou dirigem jogos Unionistas noutras paragens, tendo no entanto um lance que ficou na retina e resulta no quarto golo do Oeiras, num lance em que existem duas faltas consecutivas sobre David Vieira e que Sílvia Coelho perto da jogada mandou seguir.

União FE (5): Ricardo "Káká" Correia (gr), Rui Alves (1), Bruno Pereira, David "Rosca" Vieira, João "Mendx" MendesSuplentes: Orlando Pereira (gr), Carlos "Pica" Fonseca (3), Pedro Brazete (1), Tiago Pereira e Eduardo Fernandes
Treinador: Pedro Nobre

AD Oeiras (5): Hugo Silva, Tiago Gouveia (2), Tiago Nogueira, André Garção, Diogo Alves (1)
Suplentes: João Santos (gr), Paulo Rosa (2), Ivan Mariani, Paulo Tembo e Rogério Silva
Treinador: Carlos "Capi" Pires

Com este empate o União manteve a 10ª posição com 13 pontos e na próxima jornada desloca-se até à freguesia de São Pedro Na Calheta, Ilha de São Miguel nos Açores para defrontar o lanterna vermelha Marítimo SC. A AD Oeiras continua na 8ª posição com 16 pontos e na próxima jornada recebe o Alcobacense.

Fonte: Francisco Gavancho / Cartão Azul

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...