Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Sanjoanense entra a vencer no campeonato

Sanjoanense entra a vencer no campeonato
Fonte: Mundodesportivo-adsCucujães 2 X Sanjoanense 115 Inicial: Marco Lopes, Tiago Ferraz, Chico Barreira, Alfredo Nogueira e João OliveiraJogara...


Fonte: Mundodesportivo-ads
Cucujães 2 X Sanjoanense 115 Inicial: Marco Lopes, Tiago Ferraz, Chico Barreira, Alfredo Nogueira e João Oliveira(cap.)Jogaram Ainda: David Nogueira, Rui Lopes, Daniel Bastos, Hugo Santos e João "Drejo"Golos: João Oliveira(3), Daniel Bastos(2), Alfredo Nogueira, Hugo Santos(3), Chico Barreira e João "Drejo"
A Sanjoanense entrou de forma demolidora no Campeonato Nacional da II Divisão - Zona Norte, de hóquei em patins, deslocando-se a Cucujães e goleando os locais por esclarecedores 11-2.
Rodeado num ambiente fantástico, bem melhor do que muitas partidas da I Divisão, com um pavilhão quase esgotado, cuja bancada central se encontrava cheia, o encontro desenrolou-se ao ritmo que a Sanjoanense quis, ficando patente a já esperada diferença de qualidade entre as duas formações.
Começando a partida com algumas cautelas, respeitando o Cucujães e a sua valia, a Sanjoanense inaugurou o marcador aos nove minutos, por intermédio do seu capitão, João Oliveira, após ganhar um ressalto e sticar em desequilíbrio para o fundo da baliza, batendo Pedro Sereno.
Com o primeiro golo, os alvi-negros ganharam confiança, aumentando o ritmo, criando mais situações que se foram traduzindo em golos. O segundo apareceu aos onze minutos, novamente por João Oliveira, numa grande jogada individual, após fintar um adversário e voltar a sticar vitoriosamente.
Aos treze minutos, foi a vez de Daniel Bastos "picar o ponto", após assistência de Tiago Ferraz, fazendo vibrar a cerca de centena de sanjoanenses presente em Cucujães. O quarto poderia ter surgido logo a seguir, por duas vezes, não fosse Daniel Bastos e João Drejo terem atirado a bola ao poste. Sem desacelarar até ao intervalo, a Sanjoanense chegaria mesmo ao quarto onde João "Drejo, numa excelente jogada individual, vem desde o seu meio campo até junto da baliza do Cucujães, após fintar dois adversários, assiste Daniel Bastos que só teve que encostar, bisando no jogo, e levando o resultado para o intervalo em 4-0.
Na etapa complementar, a Sanjoanense entrou muito forte, e marcou dois golos em dois minutos, primeiro por Alfredo Nogueira e depois por Hugo Santos. Aos três minutos, dá-se o golo dos locais, na conversão de um livre-directo após décima falta cometida pela Sanjoanense.
Aos sete minutos, foi a vez da Sanjoanense marcar de livre-directo, o primeiro esta temporada, por Hugo Santos, após a décima falta cometida pelo Cucujães. Três minutos depois, os locais voltaram a marcar e a reduzir o resultado para 7-2.
O encontro começou a entrar numa toada mais quezilenta, com muitas faltas, algumas marcadas de forma precipitada, mas que não impediu a Sanjoanense de ir marcando mais golos, a seu bel-prazer. Aos treze minutos, Chico Barreira num remate rasteiro fez o 8-2 e, aos catorze minutos, foi a vez de "Drejo" estrear-se a marcar em jogos oficiais, num lance algo confuso.
Pelo meio de realçar a entrada de David Nogueira, que foi a tempo de defender um livre-directo e uma grande penalidade, provando que a Sanjoanense volta a contar este ano com dois excelentes guarda-redes.
Os dois últimos golos no Pavilhão do Cucujães foram marcados por João Oliveira e Hugo Santos, ambos completando o hattrick.
Vitória indiscutível, por números expressivos, proporcionando à Sanjoanense entrar com o "pé direito" no campeonato e ascendendo já à liderança. No próximo Sábado, a equipa de Vítor Pereira irá receber o Lavra no Pavilhão dos Desportos, às 18H.
Mundo Desportivo-ADS: Notou-se alguma ansiedade normal dos primeiros jogos, nos primeiros minutos do encontro, mas depois com o aparecimento dos golo a Sanjoanense acaba por vencer de forma incontestável, dominando por completo a partidaVítor Pereira: Sim, no início respeitamos o adversário, fizemos o nosso jogo com cautelas, sabíamos que o adversário tinha preparado bem este jogo, criam entrar bem neste regresso à II Divisão, e depois com o passar do encontro fomos assumindo, fazendo as nossas movimentações, trocando jogadores, com um bom ritmo e foram estes os principais motivos para começarmos bem o campeonato.
M.D.: Com este score de 11-2 a Sanjoanense ascende à liderança na 1ªJornada, é um lugar que certamente não quererá deixar mais?V.P.: O importante era chegar ao fim em primeiro, o nosso objectivo passa por ganhar jogo a jogo, e o mais importante neste momento nem é os números do resultado, mas sim a nossa prestação, o nosso rendimento, houve um período em que acertamos algumas vezes no ferro, defensivamente estivemos em excelente plano, os nossos guarda-redes estiveram muito bem, defendendo bolas paradas, fomos muito sobrecarregados com faltas, o resultado é bom, a exibição também, e esta produção é o mais importante, claro que chegar já ao primeiro lugar dá confiança, mas não é importante para agora.
M.D.: O ritmo na segunda parte acabou por cair, apesar de não ter sido um jogo muito duro, existiram muitas faltas, considera que acabou por ser retirado à partida alguma da sua espectacularidade?V.P.: O Cucujães é uma equipa agressiva, que faz algumas faltas, mas acabaram pro terminar o jogo com menos faltas que nós, os árbitros tentaram segurar o encontro, para que este não descambasse na parte disciplinar, algumas faltas foram marcadas de forma excessiva, que nos custou a acreditar que tinham sido marcadas, fizemos hoje um número de faltas que não corresponde à realidade, na minha opinião, mas não estamos para aí virados, estamos aqui para jogar e não para estarmos preocupados com as faltas, e neste aspecto também fomos inteligentes, gerimos o resultado e não nos deixamos envolver emocionalmente, o que também foi importante.
M.D.: Um jogo de II Divisão, mas com um ambiente melhor do que muitos jogos da I Divisão, concorda?V.P.: Sim, sem dúvida, continuamos a chamar adeptos, trouxemos bastantes aqui hoje a Cucujães, agradeço o apoio deles que foi incansável e tomara muitos jogos da I Divisão ter esta gente toda.

Fonte: Best Hóquei

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...