Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Avançado quer jogar ainda mais...

Gonçalo Suissas: "Sonho com a seleção nacional"

Gonçalo Suissas:
O avançado que deixou o Futebol Clube do Porto para ir jogar no Candelária, falou em exclusivo ao Mundo do Hóquei, sobre a sua transferência...

Gonçalo Suissas, de 26 anos, jogador formado nas escolas do Paço d´Arcos, passou ainda pela Juventude de Viana, e na época 2010/2011 mudou-se para o Futebol Clube do Porto, onde esteve até esta época.
Na próxima temporada, o avançado procura jogar mais minutos, e faz o percurso contrário de Jorge Silva que volta aos azuis e brancos, enquanto Gonçalo Suissas vai jogar no Candelária.

Ao Mundo do Hóquei, Gonçalo Suissas explicou o porquê da escolha na equipa açoriana: "É um projecto aliciante, uma equipa que luta pelo Campeonato Nacional, Taça de Portugal e na Liga dos Campeões tem realizado grandes prestações, ou seja uma equipa com grandes aspirações a ganhar títulos que foi muito importante quando tomei esta decisão de representar o Candelária, porque me considero uma pessoa ambiciosa e espero poder ajudar na conquista desses títulos.
Em termos de equipa, tem excelentes jogadores que conheço bastante bem, por isso a integração penso que será fácil."


Carlos Dantas como timoneiro desta equipa, também agradou bastante ao jogador de 26 anos: "O treinador é muito experiente e tem feito um excelente trabalho, e penso que vai ser muito importante na minha evolução como jogador."

O avançado que marcou esta época 33 golos, quer marcar muitos mais na sua nova equipa: "Os meus objectivos neste momento, passam por realizar uma grande época com muitos golos e que estes golos ajudem a equipa na conquista de títulos nas diferentes competições em que entramos."

Gonçalo Suissas ambiciona chegar ainda à Seleção Nacional, a qual já esteve em duas pré-convocatórias: "Acho que qualquer jogador, seja de que modalidade for, ambiciona representar a selecção do seu país, eu não fujo á regra.
Nas últimas duas competições tive perto de lá estar, mas não fui opção, só tenho que respeitar e continuar a trabalhar para que um dia seja possível."

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...