Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Benfica a um passo do título

Benfica a um passo do título
O SL Benfica conseguiu, após empate frente ao FC Porto por 5 bolas, garantir a «independência» do campeonato.

Tudo se resolverá na última jornada. O clássico deste sábado entre Benfica e FC Porto terminou empatado a cinco golos em encontro da 29.ª ronda do Campeonato Nacional e ficou adiada a decisão do título.

O Benfica tinha a oportunidade de poder quebrar a hegemonia portista da última década e festejar o título perante um pavilhão repleto, e entrou determinado em chegar à vitória com o golo inaugural a chegar num remate de muito longe de Sérgio Silva (6'). Foi a primeira explusão de alegria.

A festa benfiquista seria pouco depois anulada aos 11’, quando Gonçalo Suíssas fez o 1-1. O jogo estava vivo, com ritmo elevado e a equipa de Luís Sénica voltaria a marcar: Tuco assistiu João Rodrigues e este não falhou. Antes do descanso, tempo ainda para que Pedro Gil restabelecesse a igualdade. Estava tudo em aberto para a segunda-parte.

No arranque após o descanso, o FC Porto mostrou porque é que é o campão nacional. Reinaldo Ventura (30') colocou a sua equipa em vantagem pela primeira vez no desafio. O Benfica ainda reagiu e empatou por Sérgio Silva, mas estava melhor o conjunto de Tó Neves, que viria a colocar-se em vantagem de 3-5, diminuindo o ânimo dos benfiquistas. Reinaldo novamente e Caio foram os autores dos golos.

O Benfica não baixou os braços, sentiu que estavam em dívida com os adeptos (incansáveis durante a partida) e com um coração enorme foram em busca do empate. Com Ricardo Silva a corresponder bem na baliza, a defender um livre directo e uma grande penalidade, Carlos López a sete minutos do fim fazia o 4-5. Era o momento do conjunto da Luz que não parava de pressionar, vendo já perto do apito final o seu esforço premiado com Sérgio Silva na cobrança da grande penalidade, a completar o seu 'hat-trick' e a estabelecer o resultado final em 5-5. O Pavilhão Império Bonança rebentava pelas costuras.

Até ao final, muitos nervos à flor da pele, entre os intervenientes da partida. Não era para menos, o título podia resolver-se logo ali. Contudo, ficaria mesmo tudo empatado, com o Benfica a defender a liderança e a ficar a um pequeno passo de voltar a ser campeão nacional, algo que não acontece desde 1998. Para tal basta vencer na última ronda no terreno dos Tigres de Almeirim.

Por: Décio Vigia / modalidades.com.pt

Pelo SL Benfica, Sérgio Silva foi o melhor marcador, ao apontar três golos na partida, seguido de João Rodrigues e Carlitos Lopez com um cada.
Já do lado do FC Porto, Reinaldo Bisou, e Gonçalo Suíssas, Pedro Gil e Caio acertaram as contas.
 

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...