Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Campeonato Nacional da 1ª Divisão

Espinho garante permanência

Espinho garante permanência
A equipa orientada por Carlos Realista garantiu a permanência ao vencer este Sábado o Óquei de Barcelos.

Info: Hoquei Minhoto (adaptado)

E vão duas derrotas consecutivas por parte do OC Barcelos, após mais uma sofrida em Espinho por 5-2, depois da que obteve em casa com a AD Valongo. Com esta vitoria a equipa de Espinho garantiu a permanência  na primeira divisão nacional, depois de na Quinta-Feira os Tigres de Almeirim também conseguirem esse objectivo.

Na visita à Costa Verde os minhotos encontraram um adversário que jogou a sua época para atingir a manutenção na primeira divisão nacional. Acrescente-se que os locais não contaram com João Pinto castigado pela expulsão com vermelho direto no jogo da taça de Portugal em Vale de Cambra.

Na primeira parte o OC Barcelos teve de enfrentar o guarda redes Ângelo Girão que com o ferro da sua baliza evitou o golo minhoto. Do outrFrederico Sarao lado a AA Espinho soube aproveitar as oportunidades criadas, tendo inaugurado o marcador aos 12' por Frederico Saraiva. Respondeu o Barcelos mas o remate de Zé Pedro bateu no poste da baliza do Espinho.
Logo a seguir Frederico Saraiva viu o cartão azul originando uma grande penalidade que Nuno Felix desperdiçou ou melhor Ângelo Girão defendeu.
Quem não marca sofre e aos 21' Frederico Saraiva aumentou para 2-0, para no minuto seguinte André Pinto de grande penalidade fixar em 3-0 o resultado ao intervalo.

Na etapa final o festival do guarda redes da casa Ângelo Girão continuou evitando o golo do Barcelos.
Foi preciso esperar pelos 14' para que finalmente os minhotos conseguissem colocar a bola no fundo da baliza de Girão por intermédio de André Centeno.
Este golo motivou a equipa barcelense mas contra a corrente do jogo seria a AA Espinho a marcar por André Pinto a oito minutos do fim.
O OC Barcelos continuou a lutar mas uma vez seria o Espinho a marcar e  novamente por André Pinto de livre direto após a decima falta da equipa minhota.
No mesmo tipo de lance o Barcelos reduziu para 5-2  por Hugo Costa na recarga ao remate de Jorge Maceda.
Até ao fim o Barcelos tudo fez para reduzir mas Ângelo Girão evitou com grandes defesas inclusive uma grande penalidade de Nuno Felix. O Espinho também podia ter marcado mas André Pinto falhou um livre direto.

AA Espinho (5)
Ângelo Girão, Miguel Sousa, Frederico Saraiva , André Pinto, Eduardo Brás - 5 incial - Filipe Sousa, António Costa.
Treinador: Carlos Realista

OC Barcelos (2)
Ginho, Jorge Maceda, Zé Pedro, Nuno Almeida, André Centeno - 5 inicial - Paulo Matos, António Leal, Nuno Felix, Carlos André, Hugo Costa
Treinador: José Querido

Resultados da 27ª Jornada:
Paço d´ Arcos 4 - 7 SL Benfica (16 de Maio)
Física Torres Vedras 4 - 4 Tigres de Almeirim (24 de Maio)
Infante Sagres 4 - 2 Riba D´ Ave
Gulpilhares 4 - 6 FC Porto
Juventude de Viana 3 - 4 HC Braga
AA Espinho 5 - 2 OC Barcelos
UD Oliveirense - Candelária - Realiza-se na Terça-Feira (29 de Maio)

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...