Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Final 8 - Quartos de Final

Oliveirense sem argumentos para o Barça

Oliveirense sem argumentos para o Barça
A Oliveirense tinha hoje uma dificil tarefa, frente ao favorito Barcelona, e perdeu por uma diferença de quatro golos.

Começou esta Quinta-Feira no Pavilhão do Lodi, de Itália, a Final 8 da Liga Europeia de Hóquei em Patins. Primeiro jogo da última fase da prova, onde entrava em ringue a primeira equipa portuguesa, a União Desportiva Oliveirense frente ao Barcelona.

Foram os portugueses a entrar melhor em ringue, a conseguir criar algumas oportunidades para fazer o golo, mas pela frente tinham Segi Fernandez, que tapava a baliza do clube da Catalunha. E quem não marca sofre, e foi o Barcelona por Intermédio de Marc Torra, que aos faz o primeiro golo no jogo, com Domingos Pinho, guarda-redes da Oliveirense, a ser mal batido no lance.
A Oliveirense não desistia e continuava a procurar o golo, mas o keeper português a ser mal batido mais uma vez, num remate enrolado de Pablo Alvarez aos 14´. A partir do 2-0 a favor dos espanhóis, a equipa portuguesa perdeu o seu ritmo de jogo, e a primeira parte não acabou sem o terceiro golo, aos 20´ por intermédio de Sergi Panadero, a desviar um remate de trás do meio campo de Marc Gual.

Faltas de equipa: Oliveirense 5 - 6 Barcelona

A segunda parte começou mal para a equipa portuguesa, a entrar algo apática e sem ideias, e com o Barça a controlar por completo o jogo, mas aos 10´ os espanhóis fazem a décima falta, e Tó Silva chamado a converter o livre direto a fazer o 3-1, e uma esperança aparecia à equipa orientada pelo também jogador, Nuno Resende. Após este golo, Ricardo Ramos sofre uma falta para cartão azul, mas nada é assinalado e no contra-ataque é assinalado, e bem, penalti para o Barça. Reinaldo García é chamado para converter o penalti, e faz mesmo o 4-1 na recarga.
"Pablito" Alvarez iria a aparecer no jogo e da melhor maneira, a bisar na partida e a apontar um grande golo numa jogada individual aos 14´. O Barça ia controlando todo o jogo, enquanto que a Oliveirense já não tinha forças para mais, e Nuno Resende perde uma bola dentro da sua área e Marc Torra viria a bisar também neste primeiro jogo, a fazer o 6-1.
Tó Silva ainda ia conseguir fazer um golo de belo efeito, e mais um bis na partida, mas insuficiente para a supremacia do Barcelona.
Vitória justa da equipa espanhola, com uma boa arbitragem da dupla italiana, apenas a apontar o lance na segunda parte sobre Ricardo Ramos. Ponto negativo para Domingos Pinho, guarda-redes da Oliveirense, que podia ter feito um pouco mais nos dois primeiros golos que sofreu.

Oliveirense (2)
Domingos Pinho (GR), Nuno Resende, Tó Silva (2), André Azevedo, Vitor Hugo - 5 inicial - Diogo Almeida (GR), Tiago Ferraz, Diogo Silva, Ricardo Ramos e Diogo Silva.

Barcelona (6)
Sergi Fernandez, Marc Torra, Josep M. Ordeig, Reinaldo Garcia, Pablo Alvarez - 5 inicial - Aitor Egurrola (GR), Marc Gual, Sergi Panadero, Alberto Borregan e Marc Juliá.

Arbitros: Alberto Bisacco e Carlo Corponi (Itália)

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...