Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Inter-Regiões 2012: AP Alentejo vence Leiria

Inter-Regiões 2012: AP Alentejo vence Leiria
A AP Alentejo venceu a AP Leiria no 18º jogo do Inter-Regiões Estoril 2012. De lamentar que ambas as equipas tenham sido muito faltosas, tirando o brilho ao jogo e penalizando-as na qualidade técnica individual.

Uma partida com uma toada de jogo muito lenta que veio contrastar com o jogo anterior, mas com grande entrega de ambas as equipas na procura de inaugurar o marcador.

Luís Cebola fez o 0-1 para o Alentejo numa jogada de insistência. O Leiria reagiu mas foi, novamente, o Alentejo cheio de alma que criou várias situações de perigo. Balanceada no ataque, os alentejanos fizeram o 0-2 por Filipe Carapeta, o que deixou o treinador do Leiria Rodolfo Santos preocupado, pedindo desconto de tempo.

No começo, Luís Guerreiro fez o 0-3 e a equipa ficou ainda mais motivada, indo para o intervalo com uma boa margem no marcador que lhe poderia dar o terceiro lugar do grupo B deste Inter-Regiões.

No recomeço da segunda parte, o Leiria perdeu o seu guarda-redes Miguel Silva por lesão.

A entrega de ambas as equipas era total, com maior ascendência dos alentejanos, que se têm revelado uma equipa muito aguerrida.

Posteriormente, foi mostrado um cartão azul ao capitão alentejano, consequente livre direto que José Costa, do Leiria, não perdoou, reduzindo a diferença de golos no marcador. Um golo que já era merecido.

Filipe Carapeta fez o 1-4 numa bela jogada individual e Luís Cebola o 1-5 numa emenda na cara do guarda-redes. Golos que acabaram por castigar em demasia a equipa de Leiria que não merecia perder por tantos.

A 10ª falta do Alentejo que Francisco Santos não concretizou deu a perfeita imagem da impotência leiriense em segurar a fúria alentejana.

O domínio do Alentejo manteve-se, num jogo muito disputado, mas o Leiria reorganizou as suas tropas e a diferença já não foi tanta entre as duas formações na segunda metade da segunda parte.

O jogo tornou-se um pouco conflituoso porque ambas as equipas queriam ganhar. Foi o Alentejo que mostrou melhores argumentos com uma vitória brilhante de querer e de alguma qualidade técnica.

De lamentar que ambas as equipas tenham sido muito faltosas, tirando o brilho ao jogo e penalizando-as na qualidade técnica individual.

O melhor da A.P. Leiria: David Santos. Foi o menos mau numa equipa desnorteada e sem rumo.
O melhor da A.P. Alentejo: Filipe Carapeta. É na verdade o jogador mais esclarecido desta equipa, a braçadeira fica-lhe bem apesar do cartão azul, já que é ele que tem a batuta da sua orquestra.

A equipa de arbitragem sem nada a apontar tecnicamente nem disciplinarmente, perfeita. Nota 20.

18º Jogo - Inter-Regiões Estoril 2012

A.P. Leiria 1 – A.P. Alentejo 5

Pavilhão da Juventude Salesiana:19h; 183 pessoas, 17 graus, céu cinzento e boa temperatura

APL: 1 - Miguel Silva, 2 – Luís Almeida, 3 – Francisco Santos, 4 – Bruno Tereso, 5 – David Santos, 6 – Tiago Mateus, 7 – José Costa (sub-cap.), 8 – Sérgio Santos, 9 – Martim Correia e 10 – Mário Rosa
Treinador: Rodolfo Santos
APA: 1 - Pedro Bravo, 2 - Filipe Carapeta ©,3 - Luís Guerreiro (sub-cap), 4 - Augusto Cachucho, 5 - Luís Cebola, 6 - Joaquim Piteira,7 - Pedro Brazão, 8 - Luís Godinho, 9 - Sérgio Rita e 10 - Gonçalo Martins
Treinador: António Castilho

Árbitros: Ricardo Leão (Lisboa), jerónimo Moura (Porto) e António Santos (Aveiro)


Texto: APLisboa

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...