Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Inter-Regiões 2012: Minho vence Alentejo

Inter-Regiões 2012: Minho vence Alentejo
O Alentejo tem sido a grande revelação deste Torneio Inter-Regiões. Depois da vitória de ontem, a equipa entrou muito bem no jogo, embora tenha perdido, deu uma boa réplica ao conceituado Minho.

O Alentejo tem sido a grande revelação deste Torneio Inter-Regiões. Depois da vitória de ontem, a equipa entrou muito bem no jogo, dando boa réplica ao conceituado Minho. As primeiras jogadas de perigo a eles pertenceram. Mas na verdade nem sempre quem joga marca e foram os minhotos a inaugurar o marcador através de Afonso Lima que fez o 1-0.
Os alentejanos procuravam insistentemente o contra-ataque mas havia sempre alguma inocência na finalização e, foi novamente o Minho a marcar por Miguel Catarino numa jogada de oportunidade. Estava feito o 2-0. Carlos Loureiro fez o 3-0 ao cair do pano. Resultado que se manteve atá ao intervalo.

Uma primeira parte muito equilibrada, com alguma ascendência natural minhota mas com uma excelente réplica alentejana. O 3-0 aceita-se.

No recomeço, o Minho através de Gonçalo Pereira transformou um livre direto discutível, e fez o 4-0, o que não correspondia ao que até aí se vinha passando dentro do ringue. O que se veio a confirmar pelo 4-1 de Pedro Brazão, um golo de oportunidade.

Mas foi sol de pouca dura, na jogada seguinte Miguel Catarino fez o 5-1.

O 6-1 apareceu naturalmente, numa jogada dos livros, por Pedro Silva que executa de primeira.
Até ao fim a “música” foi a mesma, ataques e contra-ataques de ambos os lados.

Um jogo morno para acordar nesta manhã chuvosa.

O melhor da A.P.Minho: Luís Costa, foi o maior adversário dos alentejanos, defendeu tudo o que tinha para defender, garantindo assim a vitória. Esteve bem e muito atento, numa equipa por acordar.
O Alentejo pagou caro algum atrevimento frente a uma equipa mais experiente e com melhores jogadores em termos individuais. Contudo, está a ser a seleção revelação pelo hóquei praticado e pela evolução que tem tido nos últimos anos com jogadores extremamente corretos e educados. O Minho ganhou bem e folgadamente, mas está ainda alguns pontos abaixo da seleção de 2011.
O melhor da A.P.Alentejo: Pedro Bravo, foi grande, dando mais robustez e tranquilidade à sua equipa, apesar de ter jogado só uma parte.

A equipa de arbitragem não leva nota máxima porque permitiu demasiado exibicionismo da equipa minhota e nestes escalões estas coisas também têm que ser corrigidas. Um livre direto a favor dos minhotos que não existiu, nota 13.


5º Jogo - Inter-Regiões Estoril 2012

A.P.Minho 6 – A.P. Alentejo 1

Pavilhão da Juventude Salesiana: 10h; 36 pessoas, 12 graus, algumas nuvens, chuva e mau tempo

APM: 1 - Luís Costa, 2 – Serafim Silva, 3 – Guilherme Ferreira, 4 – Miguel Catarino (sub-cap.), 5 – Gonçalo Ferreira, 6 – Vítor Braga, 7 – Carlos Loureiro; 8 – Pedro Silva, 9 – Afonso Lima e 10 – Bruno Guia
Treinador: Luís Silva
APA: 1 - Pedro Bravo, 2 - Filipe Carapeta ©,3 - Luís Guerreiro (sub-cap.), 4 - Augusto Cachucho,5 - Luís Cebola, 6 - Joaquim Piteira,7 - Pedro Brazão, 8 - Luís Godinho, 9 - Sérgio Rita e 10 - Gonçalo Martins
Treinador: António Castilho

Árbitros: António Santos, Jorge Carmona e Ricardo Leão


Texto: APLisboa

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...