Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Reinaldo Ventura «Oliveirense traz boas e más recordações»

Reinaldo Ventura «Oliveirense traz boas e más recordações»
Reinaldo Ventura fez ao fcporto.pt a antevisão do Oliveirense-FC Porto Império Bonança, recordando os anteriores duelos com a formação detentora da Taça de Portugal.

Reinaldo Ventura fez ao www.fcporto.pt a antevisão do Oliveirense-FC Porto Império Bonança (13.ª jornada do campeonato nacional, sábado, 15h05), recordando os anteriores duelos com a formação detentora da Taça de Portugal.

Na recta final da primeira volta, em que surgem os confrontos com as equipas mais bem classificadas da época transacta, a equipa está preparada para os desafios, garante.

O jogo com a Oliveirense marca o arranque de um ciclo complicado de jogos...
Vamos entrar num ciclo muito difícil, que, na minha opinião, já começou com o Valdagno, de uma forma que não esperávamos. Vamos ter três jogos muito difíceis [Oliveirense, Benfica e Candelária], que poderão ser decisivos, e vamos entrar para vencer e continuar na frente do campeonato, se possível alargando a nossa distância face aos adversários mais directos.

O desaire frente ao Valdagno está ultrapassado?
Custa-nos muito digerir as derrotas. Esse sentimento não vai passar assim tão cedo, mas é isso que nos faz querer continuar a ganhar. Não gostamos de repetir esses momentos e queremos muito provar que se tratou de um erro de percurso e recuperar o espaço perdido na Liga Europeia, em que estávamos em primeiro lugar, isolados. Queremos recuperar esse primeiro lugar.

Foi devido a essa derrota que fizeram na quarta-feira um jogo diferente, mais calculista [vitória por 9-3 sobre o Gulpilhares]?
Foi um jogo diferente, em que o nosso grande objectivo era sofrer o mínimo de golos possíveis, e acabámos por cumprir esse objectivo. Não terá sido o tipo de jogo a que os adeptos estão habituados, mas acho que todos perceberam onde queríamos chegar.

Como está o Reinaldo Ventura fisicamente? Está recuperado da lesão no nariz?
O nariz ainda está em recuperação. Para regressar aos níveis físicos anteriores preciso de tempo e trabalho. Jogar com a tala torna-se num pequeno sacrifício que qualquer jogador teria de fazer num caso como este. Agora, é uma questão de esforço e dedicação. Depois de entrar no rinque nem penso nesse problema e continuo a fazer o melhor que consigo.

Como será o desafio frente à Oliveirense?
Será difícil, com certeza. A Oliveirense tem uma grande equipa e os jogos entre as duas formações têm sido interessantes. Na época passada perdemos em casa deles e ganhámos em nossa casa, no jogo que nos permitiu sagrarmo-nos campeões, e perdemos para a Taça de Portugal. Ou seja, a Oliveirense traz-nos boas e más recordações. Sabemos que são uma equipa que nos vai dar bastante luta, mas estamos preparados. Queremos ganhar e continuar no primeiro lugar.

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...