Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Benfica vence Física de Torres

Benfica vence Física de Torres
O Benfica venceu a Física de Torres, num jogo impróprio para cardiacos. Com esta vitória o Benfica lidera provisoriamente a primeira divisão tendo um jogo de vantagem em relação ao FC Porto.

O Benfica venceu, a Física Torres Vedras que jogava em casa, por 6 - 7, no referente à 9ª jornada do Campeonato Nacional 1ª Divisão de Hóquei em Patins .

O Pavilhão do Física de Torres encheu para receber o jogo mais emocionante da nona jornada  da primeira divisão do campeonato nacional de hóquei em patins.

O Benfica começou da melhor forma,  aos 12 minutos da partida, com Luís Viana, graças um espaço aberto na zona central,  a marcar o primeiro golo para a equipa treinada por Luís Sénica.
Três minutos depois, Luís Viana aproveitou um toque de Samuel Lima, que aparentemente seria insuficiente para derrubar o stick, forçando assim uma grande penalidade. Chamado a marcar, Sérgio Silva com o seu potente remate, marcou o 0-2.
Logo de seguida, German Dates levou ao rubro os adepto da física ao colocar a bola nas redes da baliza do Benfica, mas, prontamente foi anulado pela dupla de arbitragem, alegando o manuseamento da bola com o patim. A equipa de Torres Vedras protestou, e Fortunato foi sancionado com azul.

Os nervos da equipa anfitriã aumentavam rapidamente, consequentemente, Valter Neves conseguiu detetar uma falha na melhor defesa do campeonato, rematando de fora, marcando o 0-3.

"Carlotos" Lopez, depois de fazer falta sobre um jogador da Física, recebeu azul, e consequente livre direto para a equipa da casa,  chamado a marcar, Alan Fernandes não perdoou, contornou Ricardo Silva, e só «descolou» depois de ter a bola nas redes benfiquista, reduzindo assim a desvantagem para 1-3.

Com esse golo, o jogo acalmou, ambas as equipas apostaram em transações defesa-ataque, até que, a 20 minutos do inicio da partida, Ricardo Pereira, que tinha acabado de regressar à partida, e marcou o 2-3 para o Física de Torres.
Luís Sénica pediu time-out de imediato, onde colou o jovem Diogo Rafael, que viria a assistir Cacau num lance infeliz para o guarda-redes Carlos Coelho, que sofreu o quarto golo da partida.

Já a um minuto do final da primeira parte, novamente Diogo Rafael assistiu João Rodrigues, que surpreendeu o guarda-redes de Torres Vedras, levando este resultado para o intervalo.

Já na segunda parte, a Física de Torres renasceu, apareceu ainda mais concentrada, e, em apenas seis segundos, "Carlitos" Godinho reduziu para 3-5. Pouco tempo depois, German Dates assistido por Samuel Lima, marcou o 4-5, colocando os adeptos ao rubro.

Alan Fernandes, colocou a bola no buraco da agulha, de baixo do guarda-redes de Ricardo Silva, empatando a partida a cinco bolas,  relançando a partida e fazendo tremer o pavilhão com o apoio de todos os adeptos, tínhamos espetáculo!


Após o empate, durante alguns minutos, as equipas pareciam querer jogar “pela certa”, tendo reduzido o ritmo de jogo, apostando em transações, tendo sido a origem do golo de Valter Neves, com um remate por de baixo das pernas de Carlos Coelho, passando o Benfica para a frente do marcador, 5-6.

A quatro minutos do final da partida, Sérgio Silva «abalroou» um jogador da Física de Torres, criando grande penalidade a favor da Física de Torres, chamando a marcar, Ricardo Pereira, num belíssimo remate no ângulo superior esquerdo de Ricardo Silva marcou, voltando a empatar a partida.

A 3:40 do final da partida Sérgio Silva, de livre direto com um remate fortíssimo, fez com que  Carlos Coelho só desse conta da bola quando já estava dentro da baliza, colocando  equipa treinada por Luís Sénica na frente do marcador, 6-7 final.


Já na reta final do jogo, ambas as equipas atingiram as dez faltas, mas tanto Ricardo Pereira, como Cacau desperdiçaram a oportunidade de marcar. A 30 segundos do final, Ricardo Pereira viu o empate ser negado, por uma grande defesa de Ricardo Silva.


Apesar desta derrota, o Física Torres Vedras mantém-se no terceiro lugar do Campeonato Nacional 1ª Divisão, com 22 pontos, enquanto a Benfica subiu para o primeiro lugar, com 25 pontos, tendo um jogo a mais em relação ao FC Porto, que jogará amanhã dia 21 de Janeiro, com o Infante Sagres.

Na próxima jornada, já no próximo ano, o Física Torres Vedras desloca-se ao terreno da Candelária no próximo sábado, dia 7 de Janeiro pelas 21:00h, enquanto o Benfica recebe o Gulpilhares, no mesmo dia, pelas 18:30h.

Resultados 9ª Jornada do Campeonato Nacional 1ª Divisão 2011/2012:
20/12 20:30h - Física Torres Vedras 6 - 7 Benfica
17/12 18:30h - Espinho 4 - 3 Tigres Almeirim
17/12 18:30h - Valongo 6 - 3 Braga
17/12 18:00h - Riba de Ave 10 - 0 Porto Santo
17/12 18:00h - Paço de Arcos 6 - 4 Barcelos

Consulte aqui a classificação geral

Comentários

  • Paulo Pereira: Estou comovido com a escolha das personalidades da RTP2 para comentar o jogo. Entre outras asneiras crassas divulgadas com recurso a um meio de comunicação publico, é de salientar algo semelhante a isto:
    "os jogadores da Física são todos amadores" resposta de uma anta com voz "são amadores mas são remunerados, logo não é uma diferença de salientar".
    Outra momento infeliz, um afirma " a equipa da Física é composta por jogadores 100% Portugueses", mais uma vez a anta responde "... o Benfica tem apenas 2 Argentinos e um Brasileiro...".
    Para terminar, porque é que a televisão pública teima em levar antas destas a relatar um jogo do Benfica? Uma anta Benfiquista deveria estar na sala de trofeus da Luz....

  • marcelo [Não autenticado | IP: 188.80.xxx.xxx]: aquele que tava a comentar era algum adepto do fisica? porque lhe deram o microfone para a mão??? muita má escolha muito parcial em quase tudo o que disse.

  • Nelson Alves: Eu não pude ouvir os comentários, mas garanto que no café onde vi (partes do) jogo, houve muita gente a olhar para a TV para acompanhar. Em Ovar, o pessoal está habituado ao basket, pelo que surgiu a crítica do costume: "Não se vê a bola".
    No entanto, importa salientar o facto de, ao passar na TV, o hóquei em patins atrai a atenção de novos públicos.
    O facto de ser o Benfica e de o resultado ser incerto até final, só ajuda a despertar o interesse dos telespectadores ;)

  • João Cravo [Não autenticado | IP: 158.169.xxx.xxx]: Quem não vê a bola é porque não a quer ver. Penso que a "invisibilidade" da bola é o único argumento que um anti-hóquei pode apresentar; embora seja falso.
    No entanto, é verdade que num desporto com bola, esta é a rainha. Uma bola de futebol representa o fuebol por si só. Idem para o caso do basquetebol, do râguebi e, mesmo, do hóquei no gelo.
    A nossa bola não tem graça, nem personalidade. E nós insistimos na bola preta (a menos televisiva e comunicativa de todas as opções).
    Apesar da crise, temos que ser profissionais e criativos. O hóquei tem de decidir se quer ser um jogo entre amigos, ou um espectáculo desportivo.
    Isso passa por repensar a bola e o piso, p.e. E o contraste entre ambos.
    Isso passa, eventualmente, por uma fusão das pequenas lojas de antigos atletas que dê origem a uma grande superfície (tipo SportZone)de distribuição de material de hóquei em patins.
    Isso passa, certamente, pela produção de material mais barato que permita um hóquei recreativo nos jardins, nas escolas(...)
    Isso passa, estou convicto, pela fusão das vontades e paixões de alguns webmasters e bloguistas que estão a realizar um trabalho excelente, mas cada um no seu canto. Penso que o hóquei em patins precisa de, e merece, um site de grande dimensão. Esse site deve pensar o hóquei na sua globalidade. Por isso, teria que falar dos problemas da modalidade, e das soluções, a nível internacional. Necessáriamente, teria que ser em inglês. Sorry.

  • Marsim [Não autenticado | IP: 79.168.xxx.xxx]: Foi um excelente jogo, em que uma equipa que esteve por duas vezes com a passaro na mão, ia quase deixando fugir. Esta é uma qualidade do jogo de hoquei a diferença do resultado, não quer por si só significar o resultado final. Foi um jogo jogado a uma velocidade alta e que as duas equipas tentaram fazer pela vida.
    Ainda bem que deu na TV, mas infelizmente, quem manda na TV, não sabe escolher quem coloca a comentar, ou melhor desta vez até escolheu bem, colocou lá uma mente iluminada que pelos vistos está sub-aproveitado, porque pelo falou é uma mente iluminada que de hoquei percebe tudo, mas esqueceu se que devia ir para aquele lugar para comentar, um jogo de hoquei com isençao, comentar as jogadas, os aspectos defensivos e ofensivos das equipas.
    Mas quiz aproveitar, os 15 minutos de fama que lhe deram, para abrir uma torneira e debitar uma corrente de opinioes que não cabe a mim considera-las validas ou nao, mas que nao tinham nada a ver com jogo.
    Alem disso, tendo sido convidado, não tem que ir para lá branquera situações mas tem acima de tudo ser isento.
    Prestou um mau serviço ao hoquei em patins, espero que nunca mais seja convidado para essa função.
    UM conselho, sendo 2012 um ano de eleições, e sendo um mente iluminada mas com luz fundida, talvez quissese trabalhar um pouco em prol do hoquei...

  • Paulo Jorge Martins: O comentador era o António Chambel. http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=Ant%C3%B3nio_Chambel

  • Marsim [Não autenticado | IP: 79.168.xxx.xxx]: Nada é perfeito, mas quem viu hoje relatador e comentador do Infante Sagres versus Porto, e comparar, com o que se ouviu ontem. Faz me chorar o dinheiro que desconto para os impostos para a RTP pagar aos Chambeis.
    Hoje falei com muitos amantes da nossa modalidade e com outros que ate nao seguem muito os jogos e todos foram unos a dizer, um grande jogo, velocidade, empenho e incerteza ate ao fim. E que nunca perceberam o que o comentador queria atingir, se os árbitros se a modalidade ou estragar o trabalho que alguem tem feito para a modalidade voltar á TV.

  • Nelson Paiva [Não autenticado | IP: 2.81.xxx.xxx]: Alguns pormenores que foram ditos acima:

    Paulo Pereira disse: ""os jogadores da Física são todos amadores" resposta de uma anta com voz "são amadores mas são remunerados, logo não é uma diferença de salientar"."
    Claro que é. Não compare um jogador que passa o dia a treinar hóquei e outro que tem o seu trabalho normal e só vai treinar à noite depois de já estar cansado.
    Se fossemos por esse caminho não havia distinção entre um jogador profissional e outro da 3ª divisão que recebe prémios de jogo.

    Outro pormenor em relação ao comentador. Ele não tem de ser imparcial. O jornalista sim tem de o ser, ele como o nome o diz está lá para comentar segundo a opinião dele.

    E depois não foi tão imparcial assim. O árbitro errou bastante contra o Física.

  • André Alves: Primeiro de tudo para os entendidos que aqui falam, façam uma breve pesquisa sobre o SR. ANTÓNIO CHAMBELL, possivelmente um dos melhores guarda redes de hóquei patins de sempre, 2º este homem representou os dois clubes durante anos faz algum sentido sendo este de Torres Vedras a pessoa escolhida para o efeito.

  • Pedro Alves: Boa tarde André Alves, penso que aqui ninguém colocou em causa se ele foi ou não um bom guarda-redes.

    O que está em causa é se é, ou não, um bom comentador.

  • Bruno Chambell: Boas pessoal, embora eu normalmente ficar à margem deste tipo de situações, não consegui deixar passar despercebido certos comentários aqui realizados.

    Independentemente se os comentários foram os melhores ou não, há sempre um processo de evolução e futuramente poderão fazer melhor, mas ainda assim, como se costuma dizer não se consegue agradar a gregos e a troianos, portanto se sabem fazer melhor, ofereçam os vossos serviços e pode ser que assim os descontos nos impostos pagos à rtp não sejam um desperdiço.

    Depois, refiro o facto de ser abordado o tema de imparcialidade nos comentários realizados - Meus caros, já que bastante entendidos na matéria, mas eu não sou e ainda assim sei, espero que vocês também saibam a diferença entre ser um comentador oficial e outro que é convidado para dar as suas opiniões, exemplo do grande Gary Neville, ex futebolista, portanto não me pareça que aqui tenha que ser imparcial, ainda mais que sendo o clube da Fisica, o clube mãe deste senhor em questão , tendo sido convidado tem esse direito, para não referir ainda que representou ambos os clubes e ser de Torres Vedras, tem certa lógica a sua escolha. Saliento, que para quem viu o jogo, se nem os árbitros foram imparciais, e esses é que o devem realmente ser, não peçam nessa situação tal a meros comentadores.

    Senhor Paulo Pereira essa "anta" a que se refere já jogou para o Benfica e penso que já tenha visto bem mais que sua excelência a sala dos troféus da luz.
    E se quiserem manifestar opiniões ou criticas à forma de trabalho de comentadores, treinadores ou jogadores, façam-no de forma construtiva, é que assim vocês próprios até podem estar a contribuir também para um melhor hóquei.

    Mas claro isto só a minha modesta resposta e imparcial.

Notícias lidas no momento

A carregar...