Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Árbitros também faltaram...

Árbitros também faltaram...
Os árbitros que estavam nomeados para o jogo HC Braga - Porto Santo SAD também cometeram falta de comparência...

Depois da noticia adiantada pela Federação de Patinagem de Portugal, alertando para o facto de o Porto Santo SAD não ter verbas suficientes para se deslocar a Braga para disputar o jogo, que já teria sido adiado por mutuo acordo, da oitava jornada do campeonato nacional de hóquei em patins a equipa de arbitragem constituída  por Profirio Fernandes, Paulo Santos e Carlos Tadêa, todos eles da região do Porto, decidiu não aparecer.

Mesmo tendo a direção do HC Braga colocado os jogadores em pista e pago às forças policiais, cumprindo todas as exigências do regulamento da FPP, continuava a faltar a presença da equipa de arbitragem para proceder à formalização da falta de comparência por parte da equipa da Madeira. Às 20:45h, o trio de arbitragem ainda não tinha chegado ao local do jogo. Prontamente, o presidente da equipa bracarense  desdobrou-se em telefonemas na esperança de encontrar uma resposta para este problema, tendo chegado a informação que os árbitros viriam a caminho, tendo sido pedido «para esperar».

Já pelas 21:18h, os dirigentes do HC Braga mostravam-se bastante impacientes, continuando a pressionar alguém ao telemóvel,  até que, às 21:35h, surgiu a informação de que a equipa de arbitragem não estaria presente.

Para solucionar esse problema, conforme está estipulado, seria necessário encontrar algum arbitro que estivesse nas bancadas... Rui Ribeiro, ex-árbitro, encontrava-se no local, tendo sido solicitado para formalizar a falta de comparência do Porto Santo, tendo sido realizado por volta das 21:48h.

Desta forma, levantam-se algumas dúvidas: teriam os árbitros de estar presentes, sabendo de antemão que não haveria jogo?
Segundo a FPP, pela pessoa de Paulo Rodrigues, a entidade desconhecia a ausência da equipa de arbitragem...
De relembrar que, ainda há pouco tempo, dois árbitros viajaram desde Itália, até Viana do Castelo, mesmo sabendo que não haveria jogo.

(Texto adaptado, e foto de: Miguel Bastos /  HóqueiMinhoto)

Comentários

  • Marsim Marsim [Não autenticado | IP: 79.168.xxx.xxx]: Vivemos num mundo em que o mais fácil é tomarmos decisões e depois deixar as repercussões para os outros.
    Os árbitros não faltaram a jogo nenhum, simplesmente foram desconvocados para o mesmo. Se foram desconvocados, naturalmente não tinham que estar presentes.
    A credibilidade constroem-se com bom actos de gestão, e penso que este não foi um bom da parte de quem manda, ainda mais quando depois não veio assumir o acto de que tomou. Nos dias de hoje pensa-se muito no dinheiro e das formas de poupar. Naturalmente sabendo que não iria haver jogo, quem manda deveria ter desconvocado os árbitros que iam mais de longe e convocar um árbitro oficial, e assumir isso na sua pagina da internet.

Notícias lidas no momento

A carregar...