Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Ricardo Silva vence Hugo Azevedo

Ricardo Silva vence Hugo Azevedo
O Benfica venceu o Valongo, num jogo disputado até ao ultimo segundo passando para o segundo lugar, e reatando a luta pelo titulo nacional.

O Benfica venceu o Valongo, num jogo disputado até ao ultimo segundo passando para segundo lugar do campeonato nacional da primeira divisão de hóquei em patins, reatando a luta pelo titulo nacional. 

Resumo do Jogo:

Valongo começou por apostar na velocidade, mas, logo aos dois minutos de jogo, numa jogada de contra-ataque a três toques, Sérgio Silva  assiste Cacau, que inaugurou o marcador.
O jogo continuou, com ambas as equipas a pressionarem bastante, apostando em várias jogadas de contra-ataque, tendo o Valongo  causado um maior numero de jogadas perigosas, tendo sido Ricardo Silva, e Diogo Rafael as principais armas do Benfica, neutralizando os sucessivos ataques do Valongo.

Aos onze minutos, o Valongo alcançou o empate, pelo stick de Hugo Azevedo, numa recarga originada por uma  defesa de Ricardo Silva, onde o jogador, já sem qualquer tipo de marcação, não perdoou, empatando a partida a uma bola.
Aos quinze minutos da primeira parte o Benfica, por Valter Neves, assistido por Carlitos Lopez, depois de ter conseguido fugir à marcação individual, e «puxado» mais dois atletas do Valongo, colocou a bola entre três defesas,  onde Valter Neves, coloca o Benfica novamente na frente do marcador.

A dois minutos do final da primeira parte, o jogador do Valongo, Raul Meca, comete um erro infantil, ao empurrar Carlos Lopez dentro da área, originando uma grande penalidade, Sérgio Silva foi chamado para converter, tendo marcado o 1-3, levando a equipa encarnada com dois golos de vantagem para intervalo.

Já na segunda parte, aos cinco minutos, Valongo poderia reduzir a diferença, com uma grande penalidade originada por Esteban Abalos, que recebe azul e originando power-play. Para cobrar a falta, foi chamado João Marques, que não consegui concretizar, novamente, com uma grande exibição de Ricardo Silva.


Aos dez minutos, Diogo Rafael marcou o golo que poderia ser da tranquilidade, fruto de mais uma fabulosa assistência de Carlitos Lopez,  colocando o Benfica a vencer por 1-4, não fosse um minuto mais tarde, Diogo  Rafael caído na área,  resultando numa grande penalidade, onde Sérgio Silva falhou, resultando num contra-ataque rápido da equipa do Valongo, e Hugo Azevedo, como sempre, não perdoou e marcou, lançando a partida, colocando o Valongo a perder por 2-4.
No minuto seguinte, o Benfica atingiu as dez faltas de equipa, e consequente livre direto, Hugo Azevedo,  como já é hábito, não  perdoou. Valongo 3 – 4 Benfica.


(Foto: HoqueiMinhoto)


A partida estava relançada, com ambas as equipas a aumentarem, ainda mais, o ritmo e a espetacularidade do jogo, e o pavilhão, que se encontrava cheio, estava ao rubro.
Aos vinte e um minutos da segunda parte, Cacau desperdiçou um livre direto, fruto da décima falta de equipa do Valongo, bastante contestada pela equipa treinada por Paulo Pereira.
A dois segundos do final, o pânico instaurou-se, com João Paulo Romão a marcar décima quinta para o Benfica, aparentemente inexistente, Hugo Azevedo foi chamado a marcar o livre direto, e, como já é hábito, Ricardo Silva não perdoou e defendeu,  criando o resultado final, Valongo 3 – 4 Benfica.

Resultado Final
Valongo
3 - 4 Benfica

Cinco Inicial:
Valongo:
Fábio Vieira
Nuno “Peixe” Rodrigues
Hugo Azevedo
Miguel Viterbo
João Marques
Jogaram ainda:  Pedro Mendes,  Jorge Alves, Pedro Pinto
Treinador: Paulo Pereira

Benfica:
Ricardo Silva
Valter neves
Cacau
Diogo Rafael
João Rodrigues
Jogaram ainda:  Carlos Lopez, Esteban Abalos, Luís Viana, João Rodrigues
Treinador: Luís Sénica

Comentários

  • Pedro Miguel Caldas: raul meca tambem jogou

  • Ejamorim [Não autenticado | IP: 213.205.xxx.xxx]: os meus parabens às duas equipas e ao publico presente um grande espectaculo de hoquei ontem à noite... noite que ia ficar estragada uma vez que a equipa de arbitragem começou a inventar lances inexistentes e acabou mesmo por nos últimos segundos do jogo voltar a inventar a 15ª falta a favor da ADV (sem sentido nenhum esta falta).
    Outro ponto alto da noite... Fábio Vieira impecável para mim só no golo do Sérgio silva é que me pareceu mal batido mas de resto maravilhosamente bem, incompreensível como não é previamente convocado para a selecção Nacional.

Notícias lidas no momento

A carregar...