Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Mundial de Hóquei em Patins, San Juan 2011

Portugal perde... contra sete

Portugal perde... contra sete
Mesmo não sendo desculpa, não deixa de ser um factor. Portugal foi forçado a jogar para o terceiro e quarto lugar, invés de passar à final.

Portugal começou melhor, com um remate à trave por Diogo Rafael, enquanto a seleção Argentina apostou num jogo duro que resultou em bastantes faltas nos primeiros minutos do jogo.

A 3 minutos do final da primeira parte a Argentina conseguiu «sacar» a décima falta portuguesa, num lance que deixou algumas duvidas. O consequente livre direto foi brilhantemente defendida pelo guarda-redes português Ricardo Silva.

Logo de seguida, a Argentina vê sair Pablo Alvarez com um cartão azul, e consequente livre direto para Portugal.

Caio Oliveira foi chamado a cobrar a falta, num pavilhão cheio de Argentinos assobiando ao jogador Português, que respondeu com um golo que silenciou por instantes o Aldo Cantoni.

No final da primeira parte, a dupla de arbitragem, formada por um espanhol e um suíço, teria assinalado 11 faltas coletivas contra Portugal e 8 à anfitriã.

Enrico Armati aos  três minutos da segunda parte, não vê uma falta clarissíma sobre Vítor Hugo, de seguida, António Gomez vê uma grande penalidade que mereceu palmas de ironia por parte da comitiva portuguesa...

Mas sem qualquer problema... nós temos o Ricardo Silva, que defendeu o primeiro remate e poucos instantes a recarga.
O jogo voltou a aquecer pouco depois, primeiro com o árbitro espanhol a assinalar mais uma falta fantasma (13ª contra Portugal), e depois com um lance de contra-ataque argentino que culminou com um remate de David Paéz que Ricardo Silva defende mesmo em cima da linha, para desespero do experiente capitão argentino. Apesar de Gomez ter assinalado de pronto o golpe duplo seguiram-se vários protestos por parte dos albicelestes.

Alguns minutos depois a arbitragem voltou ao «normal» com mais uma grande penalidade assinalada pelo árbitro espanhol. Desta vez Ricardo Silva não conseguiu impedir Emanuel Garcia de faturar.
Logo de seguida, os árbitros voltam a não ver mais uma grande penalidade contra Diogo Rafael, mas do outro lado do rinque voltaram a ver mais um penalti a favor da Argentina.
Rui neto protestou, com razão, mas viu cartão azul transformando o penalti em livre direto.

Em dia de aniversário  recebeu uma prenda de Armati ao poder repetir a marcação de livre direto por alegadamente Ricardo Silva ter-se movido. Feito o golo (2-1) e perante os protestos portugueses, Reinaldo Ventura viu um cartão azul.

Pouco depois, foi assinalada a décima falta coletiva para a Argentina por falta sobre Diogo Rafael. Chamado a marcar, Ricardo Barreiros não conseguiu bater Daniel Kenan.


A 5:46 do final, David Paez marca o 3-1 para alegria da equipa da casa, alguns minutos depois, o mesmo interveniente marca o golo que dá a vitória à seleção anfitriã.

De seguida, Portugal marca golo, que prontamente foi anulado por Armati... alguns segundos depois Portugal volta a marcar, apesar da bola estar jogável, Armati assinala golpe duplo...

A 2:40 do final, Reinaldo Ventura marca o 4-2.
A 0:43 do final, Ricardo Barreiros fez o 4-3, mas logo após a bola de saída, foi assinalada a 20ª falta colectiva para portugal. Paulo Alvaréz, foi mais uma vez chamado, não tendo conseguido bater Ricardo Silva.

Comentários

  • Rik Alma Salgueirista Costa: na minha opiniao e depois deste escandalo entregavam a taça a argentina e eu se fosse presidente da federaçao portuguesa ordenava que os jogadores viessem ja embora nao pactuava com escandalos desta natureza terminava aqui o campeonato do mundo mesmo sabendo que as consequencias podiam ser graves

  • Jose Eduardo Pereira: Uma vergonha o que se passou hoje!! e nao falo de arbirtros mas sim de tudo o que esta a volta do hoquei!! somos uns amadores... e depois venham pedir transmissoes tv... com fenomenos como os de hoje de alteraçao de horarios etc... inclusivamente com o comentador a dizer uma quantidade de verdades em que se percebe que nós jogadores somos os bonecos no meio disto. E nao me venham com a federaçao que esta mal... se esta mal é culpa nossa que na hora da verdade(eleiçoes) ninguem se apresentou ou abriu a boca... comités internacionais idem com um conjunto de gente repugnante e em que portugueses sao os bananas do costume( nem um representante para a nomeaçao de arbirtros??? WTF??? em geito de conclusao so partilhar a minha vontade abaixo de zero de continuar numa modalidade de amadores e que me envergonha como atleta...Uma palavra final para os atletas que sem duvida dignificaram ao mais alto nivel a camisola que envergaram.

    Com os melhores cumprimentos

    Jose Eduardo

  • Jose Eduardo Pereira: Por favor vamos fazer algo por esta modalidade o quanto antes é preciso mais que colocar esta quantidade de incompetentes fora, apresentar alternativas rapidamente ou ninguem vai acreditar nesta treta de hoquei

  • Pedro A. Malva Correia: Quem diz a verdade não merece castigo!

  • Miguel Lima: Concordo em pleno grande amigo Zé.

    Parabéns aos atletas que mostraram a sua grandeza.
    E como o José Eduardo diz e bem, "vamos fazer algo por esta modalidade o quanto antes"!!

    Um forte abraço José
    E parabéns aos atletas Portugueses, todos os portugueses sabem e viram o nosso valor!!!

  • Filipe Bernardo: Parabéns aos jogadores Portugueses!Elevaram o nome de PORTUGAL ao mais alto nível mais uma vez!So espero que ninguém lhes diga que o seu esforço inglório,devido às condicionantes já mencionadas,NUMA MEIA FINAL DE UM CAMPEONATO DO MUNDO DA MODALIDADE COM MAIS TÍTULOS GANHOS POR PORTUGAL não foi digno de se ver no principal canal estatal em detrimento de um filme que se podia visionar em qualquer hora do dia em qualquer outra data!Obrigado a todos que participaram nesta decisão "sensata"!De certeza que foi uma decisão difícil definir qual das programações teria mais prioridade em prôl de PORTUGAL!

  • Sofia Mendes: Quem é que consegue sair de cabeça erguida com tanta injustiça????
    Todos os que seguem esta selecção concluem que tiveram um percurso de excelência...Parabéns a todos... e se o jogo tivesse sido em terras lusas, a arbitragem nunca mais conseguiria levantar a mão para levar o apito à boca!!!!
    Foi indecente....

  • João Ginja [Não autenticado | IP: 82.155.xxx.xxx]: Pois é e ainda ás vezes nos insurgimos contra os nossos árbitros. Árbitros de categria mundial a roubar a decarada como aquele de ontem do Argentina - Portugal. Com árbitros assim quem precisa de adeversários. è dificil lutar contra livres directos inventados e penalties inventados etc.. Estavam com medo de não sair de lá esses que se dizem árbitros. PARABÉNS PORTUGAL; PARA`´ENS MOÇAMBIQUE

  • Jose Carvalho Dos Santos: Caros, só agora deram conta que nao é campeao quem merece mas sim quem paga mais....um abraço a selecção Moçambicana pela evolução e surpresa protogonizada. Até 2013 em Luanda - Angola, e que desta vez seja uma selecção africana a subir ao podio....

  • Joao Batista: Não jogámos contra sete, mas sim contra toda a estrutura da Comité Internacional de Arbitragem comandada por um senhor espanhol de Oviedo, de seu nome Enrique Javier Rodríguez Bermúdez.
    É com senhor que Portugal tem sido perseguido sistemáticamente pelas arbitragens. Já no anterior Mundial de Vigo, foram as arbitragens nos jogos contra Argentina (lembram-se do golo do Mariano Velásquez?), e nas meias finais contra a Espanha (com mais uma arbitragem escandalosa) que afastaram Portugal da vitória merecida.
    Desta vez, a história repete-se com mais uma arbitragem escandalosa a afastar Portugal.
    Não se compreende nem se aceita que o Sr. Fernando Elias Claro (Presidente da FPP) e o seu Vice-Presidente Paulo Félix Rodrigues fiquem calados e pactuem com este tipo de situações.
    Se querem destruir o Hóquei em Patins (modalidade que mais títulos mundiais deu a Portugal) estão a conseguir.

  • Nuno Santos: Foi uma injustiça tal que nem tenho palavras para descrever... Eu que tenho acompanhado o hoquei a nivel da primeira divisão e selecção, acho que é um desperdicio as nossas equipas irem lá fora jogar quando os resultados estão praticamente feitos... E depois essas equipas espanholas e italianas ainda pedem, por favor, para virem cá fazer torneios... Deveriamos fazer um protesto nas redes sociais contra essas pessoas... Mas também culpa têem a nossa comunicação social que quase nem se dá ao luxo de acompanhar as nossas equipas portuguesas e selecção nas competições internacionais. simplesmente esperam que se saiba de alguma coisa para fazer uma pequena reportagem ou pagina do jornal a dizer aquilo que já alguns disseram... Nem um relato de rádio, nem uma primeira página de um jornal, simplesmente uma transmissão do jogo que depois de terminar, não se passa mais nada... SE FOSSE SOBRE FUTEBOL faziam tudo e mais alguma coisa para dar destaque e defenderem... Enfim... Não há mais nada a fazer. Força Reinaldo e companhia, estarei sempre convosco...

  • Ricardo Loureiro: Partilhando da "azia" de todos, quero só aproveitar para dar os parabéns ao MundoOk pela excelente iniciativa de nos proporcionar o directo dos jogos do Mundial. Obrigado rapazes.... quanto ao jogo, está tudo mais que dito...

  • Ze Pedro Ze Pedro: o q s passou ontem foi de facto um escandalo, mas nao percebo o porque de tanto espanto, quem ve hquei em patins em portugal, assiste sistematicamente a isto, claro que os nossos jogadores nao estao habituados a passar por este tipo de situações, porque a maioria deles representa o F.C.Porto e o Benfica, e sao esses mesmo clubes que sao sucessivamente favorecidos pelas abritagens, todas as semanas em portugal, por isso comecem por corrigir esses mesmo erros em Portugal para poder apontar o dedo ao comite internacional!

  • José Maria Rêgo [Não autenticado | IP: 89.152.xxx.xxx]: Ontem assisti a um dos mais tristes e revoltantes episódios de corrupção e falta de vergonha. Sou um português que gosta muito de hóquei... é um desporto apaixonante. Tenho um filho a jogar hóquei e começo-me a aperceber que este desporto, que tantas alegrias nos deu, está moribundo. A nossa federação é composta por dirigentes que já estão no período do desinvestimento... estão velhos, cheios de rotinas e vícios, sem horizontes e ideias para propor coisas diferentes. Gostam das taxas que os clubes pagam e do protagonismo que os cargos que ocupam lhes dão. É por isto que não conseguem bater o pé aos tubarões que dominam o desporto internacional. Eles bem aparecem nas entregas de troféus, mas ninguém os leva a sério e eles também não se querem incomodar. Estou a recordar-me do que aconteceu na Taça Cers, no jogo que a Oliveirense fez em Espanha, em que a equipa foi roubada indecentemente. Quero recordar que fomos disputar a final no terreno do adversário... aonde já se viu isto... o Hóquei Clube de Braga, também foi roubado. O esquema foi o mesmo do Campeonato do Mundo, cartões azuis, 15 minutos sem faltas(quando os Espanhois estavam a beira do livre directo), repetição do penalti(já que o adversário não marcou na 1ª tentativa), ameaças e intimidações aos árbitros. A Plurisport tem mostrado realidades que há muito tempo estavam escondidas e camufladas. A RTP que deveria ser uma televisão de serviço publico só dá futebol e concursos. Finalmente começam a aparecer fóruns como o site da união micaelense, mundo do hóquei, aonde nos podemos manifestar. Em jeito de síntese... há milhares de praticantes de hóquei em Portugal... gente nova, sem manhas, com valores humanos, apaixonados por este desporto que precisam de se revoltar contra o estado a que as coisas chegaram. Vamos utilizar os meios que temos ao nosso dispor, redes sociais, espaços de reflexão, manifestações pacificas nos jogos do campeonato e nas competições europeias, participação activa dos dirigentes dos clubes, no sentido de protestarem... e se necessário for, recusarem-se a participar nas competições europeias.Gostava de ter visto ontem a nossa equipa a retirar-se do jogo... que jogassem os argentinos com os árbitros e os dirigentes da Federação!
    PARABÉNS AOS JOGADORES PORTUGUESES... TENHO MUITO ORGULHO DE VOCÊS. Todos os que amamos este desporto vamos fazer mudar isto.

  • guilherme silva [Não autenticado | IP: 144.64.xxx.xxx]: o problema de fundo não é Portugal ter sido escandalosamente roubado, mas sim, deveriamos pedir contas aos doutores que se preocuparam em mudar as regras para as actuais, dando todo o poder de decisão de uma partida aos árbitros, porque este tipo de regras só!!?? dá aos árbitros o poder de fazer como ontem vimos o que foi feito... não tenham dúvidas estes campeonatos do mundo e da europa são só a demonstração do FUTURO?? da nossa modalidade, não tendo os árbitros (o que é que aquele suiço tem de categoria para apitar aquele jogo??) estaleca nem preparação para ter o nervo de resistir a certos "ambientes" o resultado foi aquele visto... aplicaram as regras legitimas que foram acordadas entre os "especialistas principais de portugal,espanha,italia e algums votos para mais tarde fazer valer..." não prevendo que assim os heróis que andam lá dentro a dar tudo o que têm e o que não têm, podem simplesmente andar a serem gozados durante 40 minutos...
    Agora peçam contas a quem de direito...
    parabéns a toda a comitiva lusa, foi o melhor jogo que vi nos ultimos anos.

  • VICTOR TRINDADE [Não autenticado | IP: 85.240.xxx.xxx]: Sou um apaixonado pelo hóquei em patins, desde que me lembro.Nessa altura Portugal começava já a "dar cartas", com o Emídio ,o Raio, o Edgar e os primos correia. Depois foi o que já todos sabemos: 15 Campeonatos do Mundo e muitos mais da Europa. As estruturas diretivas internacionais tinham sempre um Português bem colocado e respeitado que fazia com que a modalidade fosse evoluindo sem os escândalos que agora se observam. Os atuais responsáveis pelo Hóquei, divorciaram-se do prestígio que a modalidade deu a Portugal: O hóquei deu mais títulos ao nosso País do que todas as outras modalidades juntas; incluindo o futebol e o atletismo. mas sem que se perceba porquê,o háquei em patins tem sido esquecido, pelos senhores do "Desporto" que preferiram aderir ao Ténis, ao Golf, ao automobilismo e outras de cariz radical, onde Portugal não teve, não tem e dificilmente terá, qualquer expressão, digna de registo. É o snobismo , a ingratidão e a incompetência de quem deveria continuar a promover a modalidade, em vez de a ver deixar caír. Ponham os olhos em espanha , que nunca deixou de ser a potência que é, na modalidade. Ainda assim, a Equipe Portuguesa tem tem feito excelentes resultados, pese embora a indiferênça de todos os velhos do Restelo, que já se esqueceram do seu valioso palmarés. Já não há Portugueses nas organizações internacionais a defender a justiça nos torneios internacionais da modalidade: Espanhóis, Argentinos ,Italianos e outros, fazem o que mais lhes convém. Deixámos perder o respeito que tínhamos, dentro do mundo do Hóquei.

  • Henrique Afonso: Primeiro vamos mudar cá dentro.
    Depois sim podemos falar de vergonha com o que se passa a nivel internacional.
    Para a nossa Federação e para as nossas associações não será correcto o que se passou na Argentina. Devemos olhar primeiro para nós e só depois criticar os outros.

  • Henrique Afonso: Subscrevo em tudo o que diz o Vitor Trindade.
    Mas não nos podemos esquecer que até o sr. PR condecorou os vice campeões na modalidade de futebol sub-vinte.
    Quando e a onde foram condecorados os nossos sub-dezassete e sub-vinte, tambem vice campeões da europa e do mundo respectivamente na modalidade de hoquei patins. ( ou será que foram e os orgãos de comunicação não quiseram comentar...não acredito)

  • Rodrigo Belert [Não autenticado | IP: 190.179.xxx.xxx]: Con el mas absoluto respeto, y pidiendo disculpas por no escribir en portugués por no saber hacerlo, debo decir que no veo en la crónica ni en ninguna de las opiniones, que se hable que en el primer gol de Portugal ante Argentina la falta que origina el tiro directo no existió jamás, fue un vuelo perfecto de Caio, y que a Argentina no le validan un gol completamente legal. Esos dos hechos pudieron haber descontrolado a Argentina y puesto a Portugal en la final. De haber sido así, alguno de ustedes habría opinado algo en contrario?. Yo les recuerdo, siempre con respeto, que con Castel Branco como presidente del CIRH y con árbitros como Rego Lamela, Portugal robó más de un campeonato en complicidad con España. No se trata de tomar revanchas ni nada parecido, pero si de tener memoria y de entender que, además de ver que TODO el arbitraje mundial en el hockey hoy es pésimo y no perjudica por maldad sino por incapacidad, cada país protesta cuando se ve perjudicado pero mira hacia otro lado cuando lo favorece. Saludos

  • Pedro Alves: Rodrigo, está lá pois! olha aqui Caio: «Caio Oliveira foi chamado a cobrar a falta, num pavilhão cheio de Argentinos assobiando ao jogador Português, que respondeu com um golo que silenciou por instantes o Aldo Cantoni.»

    un gol completamente legal: «contra-ataque argentino que culminou com um remate de David Paéz que Ricardo Silva defende mesmo em cima da linha, para desespero do experiente capitão argentino»


    Quanto ao seu «cada país protesta cuando se ve perjudicado pero mira hacia otro lado cuando lo favorece» acho que você não viu o mesmo jogo que eu, e posso lhe garantir, que se Portugal tivesse ganho da forma como vocês ganharam estaria escrito aqui!


    PS: Sim, foi vergonhosa a prestação de alguns árbitros, especialmente «nuestro amigo, el suizo Enrico Armati» como se ouviu nas televisões argentinas.

  • Nelson Alves: Caro Rodrigo, se tivesse visitado o "Mundo do Hóquei" em anos anteriores, como em 2007 ou 2009, teria reparado que neste espaço somos isentos e, quando Portugal merece perder, não inventamos desculpas.
    O que aconteceu na Argentina foi muito grave, começando pelo facto de terem nomeado um árbitro muito fraco (Enrico Armati, vuestro amigo???) e um espanhol tendencioso, que há duas temporadas veio ROUBAR, descaradamente, o FC Porto num jogo de competições europeias...

    Somos fãs de muitos jogadores argentinos, e não teríamos problemas em reconhecer uma vitória argentina sobre Portugal, desde que fosse justa!

  • joaogoncalves [Não autenticado | IP: 81.193.xxx.xxx]: eu tenho uma ideia. Se não existe seriedade no CIRH e na FIRS por que não formar uma federação para o hoquei em patins. Eia isto parece estranho, mas sim, este desporto não tem federação, é regido por um comité pouco sério de uma federação que muito provavelmente nem conhece a modalidade. Faz-se tudo no hoquei em patins, pena que nada de bom daí resulte, todos os anos a mesma porcaria. E agora vemos uma argentina e uma espanha a fazerem arranjinhos uma à outra, que queridos han ? pois se gostam assim tanto uns dos outros eu tenho uma ideia, joguem o mundial sozinhos. Evita-se a indecência e a vergonha. E mais, para juntar a isto, se se formasse uma federação só para a modalidade, poderia-se aceitar a participação da catalunha como selecção nos encontros internacionais oficiais, teriamos um nivel mais exigente de hóquei e poderia ser uma lufada de ar fresco, até porque se as federações argentina e espanhola não aceitassem de imediato, iriam perder os comboio e ficariam isoladas. acho que tendo o desporto que temos e o panorama que temos, deviamos olhar para a organizações de outros desporto que não o futebol e aprender algumas coisas. há desportos em que regiões autonomas participam em provas oficias porque isso simplesmente aumenta o nivel destas, exemplo do rugby. Não estou a comparar uma coisa à outra, mas seria interessante analizar estas propostas. Imaginem como seria, e isto é algo meramente hipotético porque se nada for feito nunca vai acontecer, uma final de um hipotético mundial de hóquei em patins entre portugal e a catalunha. Isso sim, tendo em conta este ultimo mundial argentino, seria verdade desportiva. depois com istos haveria certamente mais equilíbrio nos jogos e nos campeonatos, e nunca seria sempre a mesma pasmaceira de ir a um mundial só para ver a espanha jogar com a argentina no mundial. mais outra ideia, irradiar o senhor armati e o seu colega espanhol

Notícias lidas no momento

A carregar...