Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Mundial de Hóquei em Patins, San Juan 2011

Portugal vence e Angola surpreende, pela negativa

Portugal vence e Angola surpreende, pela negativa
Portugal venceu a seleção Angolana no jogo a contar para o grupo C do Mundial de Hóquei em Patins San Juan 2011. Angola começou bem, tendo marcado ...

Portugal venceu a seleção Angolana no jogo a contar para o grupo C do Mundial de Hóquei em Patins San Juan 2011.

Angola começou bem, tendo marcado em primeiro lugar, pelo stick de André Centenho seguido de Kirro quarenta segundos depois.

Um minuto depois, Kirro cometeu uma falta que originou a sua suspensão por cartão azul, e consequente livre direto falhado por Reinaldo “Rei” Ventura.
Em inferioridade numérica, mas com vantagem no marcador, Angola assumiu a posse de bola enquanto Portugal tentava apostar em jogadas de contra-ataque sem sucesso.

A meio da primeira parte, o arbitro Italiano esteve muito mal ao sancionar com cartão azul e livre direto uma falta de André Centenho que sem querer colocou a baliza fora do sitio.

Luis Viana foi chamado a cobrar o livro direto, mas sem sucesso.

A reação Portuguesa consumou-se pouco depois com dois golos do jovem estreante Diogo Rafael, com o empate alcançado, Rui Neto fez várias alterações tentando assim potenciar o jogo interior de Portugal e desta forma baralhar a forte defensiva Angolana.

O jogo manteve-se equilibrado até que, no ultimo minuto da partida, Luís Viana assistiu Valter Neves que consumou a revira-volta no marcador.

A primeira parte terminou da primeira forma com Humberto “Big” Mendes ao agredir Valter Neves seguindo-se várias cenas de violência lamentáveis no desporto, sujando assim a boa imagem da Seleção Angolana na primeira parte.

No inicio da Segunda parte, os àrbitros acertaram as contas, expulsando Humberto “Big” Mendes e Vítor Hugo Pinto. Entretanto Valter Neves regressava ao banco de suplentes lesionado perante os protestos dos dirigentes Angolanos que, aparentemente, queriam tentar agredir também os árbitros da partida...

Voltando à pista, Portugal ganhou controlo do jogo, aumentado a vantagem para cinco bolas, tendo como intervenientes Ricardo Barreiros e Diogo Rafael.

Já nos minutos finais da segunda parte, Ricardo Barreiros foi chamado a marcar um penalti criado por Márcio Fernandes. Tiago Sousa respondeu a Ricardo Barreiros com duas excelentes defesas, não deixando assim Portugal consolidar ainda a mais a sua vantagem.

A um minuto do fim, Ricardo Barreiros Redimiu-se aumentado a vantagem Portuguesa para 2-6 sendo este o resultado final.

Comentários

  • Ricardo Vieira [Não autenticado | IP: 2.80.xxx.xxx]: Boa Portugal. E parabéns ao Diogo Rafael!

Notícias lidas no momento

A carregar...