Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Sonho de regressar à primeira divisão está próximo

Sonho de regressar à primeira divisão está próximo
Há sete anos que o Clube Infante de Sagres só tem uma ideia na cabeça: regressar à primeira divisão do hóquei nacional.

(Texto: Pedro Rios / Porto24)


A equipa acredita que a subida não vai fugir: faltam apenas quatro pontos em cinco jornadas para garantir o segundo lugar, que dá acesso à Primeira Divisão, na qual o Infante de Sagres esteve pela última vez na época de 2003/04.
Depois dos “anos de ouro”, no final dos anos 90 e no início da década seguinte, seguiu-se um período de dificuldades financeiras, explica ao P24 Joaquim Novais, da comissão administrativa que gere o clube de Lordelo do Ouro.
Sem patrocinador principal, os jogadores do Infante foram sempre amadores, sem qualquer remuneração. “Mesmo que subamos vai acontecer o mesmo. Não há patrocinadores que apostem nesta modalidade”, diz Joaquim Novais.
 

Espírito de união

O treinador e jogador Paulo Alves destaca o “espírito de união” e a “qualidade dos jogadores” – cinco já jogaram na primeira divisão, “os outros têm a ânsia e o sonho” de o fazerem.
Nome grande da história do hóquei português (passou pelo FC Porto e Oliveirense, por exemplo, e foi campeão do mundo e da Europa), Paulo Alves encontrou no Infante Sagres um local onde pôde continuar a praticar hóquei, depois de abandonar a competição, em 2008.
Quando deu por si, já era “treinador intermitente” do clube (esta época foi a primeira em que orientou do início ao fim o CIS) e começou a jogar.

João Gilvaz, capitão do Infante e atleta do clube desde os quatro anos, atribui o sucesso desta época “ao espírito único da massa associativa”, que torceu pela equipa mesmo quando ela “desceu ao fundo” (em 2007/2008, o clube esteve na terceira divisão).
“A descida à terceira ainda deu mais força”, acredita o defesa, que lembra que nesse ano o clube chegou aos quartos-de-final da Taça de Portugal. “Não estávamos na divisão certa”, observa. “O nome do clube sempre esteve ligado a altos voos do hóquei. Faz falta o Infante estar na primeira”.

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...