Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Hóquei em Patins: Campeonato Nacional da Primeira Divisão

Querido quer começar bem o ano…

Querido quer começar bem o ano…
O Porto Santo SAD, equipa orientada por José Querido, terminou o ano de 2010 em 10º lugar, uma posição tranquila, apesar da curta vantagem pontual em ...

O Porto Santo SAD, equipa orientada por José Querido, terminou o ano de 2010 em 10º lugar, uma posição tranquila, apesar da curta vantagem pontual em relação aos mais directos adversários.
O conceituado técnico encontra-se tranquilo em relação ao trabalho que está a ser efectuado, mas quer “entrar a conquista destes três pontos neste novo ano”, disse, em exclusivo para o Mundo do Hóquei, referindo-se à recepção, no próximo Sábado, ao Hóquei de Cambra.

O primeiro jogo do ano de 2011 é considerado por José Querido como “um jogo extremamente complicado para a nossa equipa, pois apesar de estarmos numa posição tranquila e o Cambra estar em último lugar, a verdade é que eles vão jogar na máxima força. Nós não! Neste momento, temos três baixas importantes no nosso plantel, devido a problemas físicos: Luís Querido, Daniel Coelho e José Braga”, informa.
As três baixas parecem ser o maior problema dos insulares, talvez o único: é que geralmente, o Porto Santo SAD é notícia devido a outro tipo de situações, que José Querido garante não o preocuparem: “sobre esse tipo de problemas não tenho nada a dizer, o clube tem cumprido, pelo que só temos de pensar em continuar a trabalhar para começarmos bem neste novo ano”.


Porto Santo gosta de hóquei, mas…
A ideia generalizada que os adeptos da modalidade têm da Ilha Dourada é de que não há público para o hóquei em patins.
Essa ideia é prontamente rejeitada pelo técnico, habituado aos grandes palcos, e satisfeito por “no último jogo que disputámos em casa, tivemos cerca de 600 pessoas, muito mais do que as 100 a 150 que assistiram aos primeiros jogos da época. O Porto Santo é uma cidade com 4000 habitantes, acho que 600 pessoas a ver os nossos jogos é bom, mas vamos tentar cativar mais gente!”, prometeu.
Para além da realidade da equipa principal, há a formação. José Querido lamenta o facto de “não haver, neste momento, competição a nível associativo, pelo que há muitos jovens a querer jogar hóquei em patins, mas estes acabam por se desmotivar e desistir”.
Garante ainda que “ao nível do clube tentamos contrariar essa realidade. A Vanessa Solimo está a fazer um trabalho muito bom nas camadas de jovens, há cada vez mais jovens a jogar hóquei em patins ou, pelo menos, a aprender a patinar!”, revela, optimista.

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...