Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Dragões desdramatizam derrota

Dragões desdramatizam derrota
Nem há receios no reino do dragão, habituado tanto aos êxitos como às adversidades, nem há euforias entre os vice-campeões nacionais depois de ter...

(texto: Jornal "O JOGO")

Nem há receios no reino do dragão, habituado tanto aos êxitos como às adversidades, nem há euforias entre os vice-campeões nacionais depois de terem sido a primeira equipa a impor uma derrota no campeonato ao Futebol Clube do Porto.
A chave, assegurou Pedro Neto, treinador do Viana, foi a "concentração e o espírito de equipa", algo que se preocupará em manter daqui em diante. "Se queremos provar que somos bons, temos de mostrar consistência, senão vão achar que foi um acaso", considerou o técnico, revelando um pouco do recado transmitido aos jogadores, agora superconfiantes: "Contra o Benfica, fizemos uma grande exibição, mas não tivemos a sorte do jogo, como frente ao Futebol Clube do Porto, pois, quando marcava, nós marcávamos a seguir. Mas já lhes disse que, se perdermos em Cambra, o jogo frente ao Futebol Clube do Porto de nada contará. Temos mais responsabilidade."
E se bater o eneacampeão é uma pequena obsessão para os adversários dos dragões, não estando ao alcance de qualquer um, Pedro Neto avança: "Em relação ao Viana, depois do que vi no sábado tenho de estar com uma esperança enorme no futuro. Mas, para mim, o FC Porto é o candidato número um ao título. É campeão, tem uma estrutura mais forte, os seus jogadores sabem lidar com a pressão e recebem ainda o Benfica."

As derrotas do Futebol Clube do Porto na última década são tão raras que os acontecimentos de Viana se tornam demasiado marcantes. Que o resultado de Viana possa funcionar como um factor motivacional para dar a volta por cima é o que espera Franklim Pais, um técnico com experiência em controlar emoções. Recorde-se que o Futebol Clube do Porto, no percurso do enea, já esteve em segundo lugar até à penúltima jornada, mas foi campeão. "O lugar do Viana [10º] não espelha a qualidade da equipa. Não estivemos bem, mas vamos corrigir. Vamos melhorar. Em nove anos nunca fomos invencíveis", anotou Franklim Pais, que tem pela frente dois jogos difíceis: Valdagno para a Liga Europeia e Gulpilhares para o Nacional.

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...