Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Campeonato Nacional da Primeira Divisão: 7ª Jornada

Oliveirense sua para vencer Cascais

Oliveirense sua para vencer Cascais
No final da partida entre a União Desportiva Oliveirense e o Grupo Dramático Sportivo de Cascais , Tó Neves mostrava-se satisfeito pela posição na tab...

No final da partida entre a União Desportiva Oliveirense e o Grupo Dramático Sportivo de Cascais (5-4), Tó Neves mostrava-se satisfeito pela posição na tabela classificativa, mas considerava que a vitória de ontem foi mais suada do que o que seria de esperar: para além do mérito do adversário, o experiente treinador / jogador mostrou-se crítico em relação à sua equipa, sobretudo a atacar.
Já Pedro Nunes, que chegou só esta semana a Cascais, gostou da resposta que a equipa deu, e espera que, com o passar do tempo, os resultados apareçam. A falta de sorte e alguma falta de concentração foram os motivos apontados por Pedro Nunes para justificar esta derrota que, apesar de tudo, serviu para provar o valor de um plantel que o novo técnico reconhece.


Eis o que disseram os treinadores:

Tó Neves (União Desportiva Oliveirense):
“Esperava ter muitas dificuldades para ganhar ao Cascais. É uma equipa bem montada, com jogadores jovens, com valor, que nos dificultaram bastante. Mas hoje, fomos os nossos principais adversários, pois fomos nós que criámos as nossas maiores dificuldades. Deixámos que o Cascais estivesse sempre encostado a nós no resultado, quando nós fomos manifestamente melhores. Tivemos inúmeras oportunidades que falhámos. Estivemos bastante mal na concretização. Poderíamos ter conseguido uma vitória muito mais tranquila.
Esta Oliveirense pode bater-se com qualquer equipa. Tudo depende da forma como as coisas vão correndo, não há jogos fáceis e o campeonato está bastante equilibrado. Vamos caminhando e fazendo o nosso percurso, cada vez mais difícil. Sabemos que vão haver muitas tristezas e muitas alegrias, mas vamos tentar adiar o mais que pudermos uma tristeza!”

“Eu quando tenho dez jogadores, estão todos ao meu dispor. Eu não dou nada a ninguém. Se todos jogam, é porque têm trabalhado bem, têm merecido. Não tem nada a ver com a classificação, até porque em Tomar foi o “quatro” que não costuma ser mais utilizado é que deu uma sapatada no jogo. Tudo tem a ver com a qualidade dos jogadores e quando jogam bem, tem as suas oportunidades. Aqui não há bonitos nem feios, não há brancos nem pretos! Há sim os mais capazes e os menos capazes, mediante a minha análise!”





Pedro Nunes (Grupo Dramático Sportivo de Cascais)
“É evidente que nunca é agradável para um treinador pegar numa equipa a meio de uma semana, ainda por cima quando a equipa vem de um resultado negativo e depois das coisas menos positivas que se falaram acerca do clube. Este jogo foi preparado de uma forma muito condicionada. De qualquer maneira, há que enaltecer a atitude e a postura do grupo no seu todo, bem como da direcção, que soube nestes últimos dias apoiar este grupo de jovens. Esta é uma equipa combativa, bem organizada, muito rápida nas transições ofensivas… portanto, com um bocadinho de sorte, o resultado poderia ter sido outro. Estou muito satisfeito por aquilo que eles demonstraram hoje.
Eu penso que a equipa tem de melhorar no seu todo. Eu também vou ter de me adaptar, e essa adaptação vai ter de ser recíproca e a melhoria tem de ser global. Pelo que vi hoje, penso que temos de cometer menos erros do ponto de vista da atenção e da concentração. Penso que no ataque estivemos menos mal, pois criámos oportunidades que nos poderiam permitir sair daqui com outro resultado”
.

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...