Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Campeonato Nacional de Seniores Femininos: Zona Norte

Sanjoanense visita Carvalhos

Sanjoanense visita Carvalhos
A capitã da Associação Desportiva Sanjoanense, Ana Filipa Silva, prevê dificuldades na deslocação ao rinque dos Carvalhos

(foto: AD Sanjoanense)

Um dos jogos mais importantes da segunda jornada do Campeonato Nacional de Seniores Femininos (Zona Norte), será disputado no rinque do Clube Hóquei dos Carvalhos, neste Sábado, a partir das 20:00h.
A partida coloca frente-a-frente duas das equipas que venceram na primeira ronda do campeonato.
O árbitro da partida será Joaquim Pinto, do CRAHP Porto.


Capitã prevê dificuldades…
Em jeito de antevisão da partida, a capitã da Associação Desportiva Sanjoanense, Ana Filipa Silva (popularmente conhecida por “Kina”), disse ao “Mundo do Hóquei” que “cada jogo é um jogo, seja quem for o adversário… e é difícil prever as dificuldades porque essas dependem sempre de muita coisa, não só do adversário mas também da forma como enfrentamos os jogos. O mais importante é que estamos preparadas para dar o máximo de nós até ao último minuto quaisquer que sejam as dificuldades que surjam!”, e adianta ainda que a equipa vai querer vencer com menos dificuldades do que sucedeu na semana passada: “Apesar de todo o esforço, trabalho e dedicação para combater as falhas é natural que durante os jogos elas acabem por acontecer por factores que não são possíveis controlar, como o nervosismo e acontecimentos relacionados com o próprio jogo e a sua intensidade. Mas, semana a semana analisamos essas falhas, trabalhamo-las de modo a ultrapassá-las para que não voltem a acontecer”, garantiu a jovem jogadora.


Crise afecta o hóquei feminino
Perguntámos a Ana Filipa o que ela achava da diminuição do número de equipas inscritas no Campeonato Nacional, ano após ano.
Como jovem hoquista, “Kina” acha que “Para além dos motivos usuais para as pessoas deixarem o desporto, como o ir estudar para uma cidade diferente, o hóquei é um desporto em que o material é dispendioso e talvez seja um motivo para as pessoas deixarem de praticar nos dias de hoje. Por outro lado os clubes vêm-se também "apertados" em questões financeiras e muitas vezes optam por acabar com algumas equipas. É pena que na maioria das vezes as equipas que saem prejudicadas sejam as femininas, principalmente nos casos em que lhes é atribuído mais prestígio que as equipas masculinas”.

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...