Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

I Divisão - Juventude de Viana premeia adeptos com triunfo

I Divisão - Juventude de Viana premeia adeptos com triunfo
FOTO: PEDRO XAVIER/RADIO GEICEPRESS: JUVENTUDE DE VIANAJuventude de Viana premeia adeptos com a vitória no último jogo caseiroNa penúltima jornada do ...

FOTO: PEDRO XAVIER/RADIO GEICE
PRESS: JUVENTUDE DE VIANA

Juventude de Viana premeia adeptos com a vitória no último jogo caseiro
Na penúltima jornada do campeonato nacional da 1ª divisão de hóquei em patins, época 2015/2016, a Juventude de Viana conseguiu bater o Valongo por 6-5, num jogo muito difícil e que foi, também, de despedida dos adeptos vianenses para Francisco Veludo e Pedro Sampaio Depois de se ver a perder por 1-3, a Juventude de Viana operou uma verdadeira remontada diante do Valongo. Até ao intervalo o placard até não mexeu muito e Valongo saiu na frente 1-2, com os golos de Nuno Araújo e Hugo Azevedo que tiveram resposta de Francisco Silva, para o lado da Juventude.No segundo tempo os golos sucederam-se e o jogo ganhou mais entusiasmo. A Juventude voltou a sofrer primeiro (1-3), golo de João Guimarães, mas a reduzir depois por Tó Silva (2-3). Até final a Juventude de Viana foi tentando furar a linha defensiva do Valongo e a última unidade, Leonardo Pais, para operar o empate. Oportunidade que viria a acontecer a 10m do final. Nélson Pereira atirou ao lado na conversão de uma grande penalidade, porém na recarga não vacilou (3-3).No lance seguinte o Valongo podia ter-se colocado em vantagem, de livre direto, mas Correia defendeu conseguindo manter o resultado, fazendo mais uma vez uma boa exibição. Depois de todo o esforço para chegar ao empate, a Juventude de Viana ainda sofreu 3-4, por intermédio de Nuno Araújo.Nélson Pereira acabou por ser a estrela da sorte para a Juventude de Viana ao assinalar mais um golo num momento chave. De grande penalidade marcou o 4-4. A 4m do final André Azevedo colocou os vianenses pela primeira vez em vantagem na partida (5-4).A Juventude ainda ampliou para dois golos a diferença, por intermédio de Diogo Fernandes (6-4) e o Valongo ainda reduziu, 6-5 por Rúben Pereira, num final de encontro frenético, mas onde a Juventude levou a melhor e ficou com os 3 pontos.Com este resultado os vianenses voltam ao 7º lugar com 39 pontos e o Valongo mantém-se em 6º com 41 pontos estando na mira da Juventude de Viana na última jornada deste campeonato.Para o treinador do Valongo a perda dos três pontos deve-se a alguma inexperiência da equipa que devia ter dilatado mais o resultado na primeira metade. "Quando não materializamos as oportunidades pomo-nos a jeito", concluiu.Já Pedro Sampaio apontou a capacidade da sua equipa corrigir os erros na segunda parte e de nunca desistir, mesmo com o placard desfavorável. "Na primeira parte não conseguimos concretizar, mas foi um jogo bem disputado e com emoção. Se tivesse dado empate não era um resultado escandalizante".Juventude de Viana termina temporada na invictaJá no próximo Sábado, 11 de Junho, às 18h, a Juventude de Viana vai até ao Dragão Caixa para defrontar o FC Porto, naquele que será o último jogo do campeonato na época de 2015/2016. Diante do 2º classificado a Juventude de Viana procura mais três pontos."Queria despedir-me com uma vitória e os três pontos. Vamos encarar a última jornada dessa forma e é para isso que vamos trabalhar, como sempre. O Porto tem uma equipa nova, em construção, mas é sempre difícil em qualquer situação. É uma equipa que vai dar cartas", alertou Pedro Sampaio.O até um dia de Pedro Sampaio e Francisco VeludoNa hora das despedidas Pedro Sampaio e Francisco Veludo manifestaram o mesmo desejo. Voltar a ver o Municipal de Monserrate cheio quando cá voltarem. O guarda-redes Francisco Veludo, que ruma ao Sporting de Tomar, fez um balanço positivo dos 9 meses que permaneceu em Viana do Castelo. "Acaba por ser uma experiência positiva porque depois de me dizerem que ia passar a época no banco, acabei por jogar. Tive de trepar uma montanha, não por demérito próprio, mas porque o Correia também estava muito bem. As coisas começaram a correr bem e o Correia ajudou-me muito. Acabo por sair daqui valorizado". O atleta ainda pediu que "os adeptos venham ao pavilhão. Não é por falta de resultados, sempre demos tudo. É uma equipa com muitos internacionais que merece voltar a ter um ambiente bonito como quando vim aqui, por exemplo, com os Tigres", desejou.Já Pedro Sampaio reiterou o pedido do atleta. "Agradeço a todos os que nos apoiaram e faço o apelo para que o público volte a encher o pavilhão. Com público tornamo-nos mais fortes. Peço desculpa por alguma situação. Desejo felicidades para esta equipa. Como em tudo na vida há ciclos e estava na altura de se fechar o meu e de virem novos pensamentos. Obrigado a quem acreditou no meu trabalho", agradeceu.

Fonte: Hóquei Minhoto

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...