Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

A feijões, ganharam os dragões

A feijões, ganharam os dragões
Com as contas do campeonato já feitas, o clássico entre [...]

Com as contas do campeonato já feitas, o clássico entre dragões e águias não foi mais do que a defesa da honra do convento por parte dos azuis e brancos que fizeram uma época dentro do esperado pelas mudanças no plantel e na equipa técnica, mas que também serve de cheque para um clube que foi campeão nacional 10 vezes consecutivas mas que já não festeja o principal título nacional vai para três temporadas.

No Dragão Caixa, a formação da casa esteve sempre no controlo da partida, ganhando a primeira vantagem no marcador ao minuto sete, por Vítor Hugo. O placard só voltou a mexer de novo precisamente no mesmo minuto, mas no segundo tempo, e pelo stick do mesmo jogador. Um minuto depois, um dos homens do jogo, Reinaldo García aumentou para 3-0, no seguimento de um contra-ataque. O Benfica reduziu por Jordi Adroher de livre directo (11′) mas os visitados responderam da mesma moeda, fazendo o 4-1 por Gonçalo Alves, de livre directo (14′). No minuto seguinte, Jordi Adroher voltou a fazer o gosto ao stick e novamente de livre directo (15′) mas foi o FC Porto quem terminou melhor a partida, com mais dois tentos da autoria de Jorge Silva (20′) e Telmo Pinto (21′).

Na próxima jornada o Benfica visita o rinque da Sanjoanense enquanto o FC Porto desloca-se ao reduto da Oliveirense.



Fonte: Modalidades

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...