Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Benfica nem aqueceu

Benfica nem aqueceu
Vai um pouco contra a lei da Física, mas é [...]

Vai um pouco contra a lei da Física, mas é verdade. O Benfica jogou e goleou mas nem sequer precisou de muito para bater a formação da Física de Torres Vedras que se encontra cada vez mais derrotada à medida que as jornadas passam e o lugar classificativo mantém-se abaixo da linha de água.

Na Luz, à excepção dos primeiros 10 minutos, é caso para dizer que só houve uma equipa a jogar. Os visitados marcaram primeiro por Nicolia (dois e seis minutos, o último de penálti), sofreram o 2-1 por Filipe Bernardino (minuto nove, de grande penalidade) mas a partir daí a corda partiu e só deu Benfica, sem que os comandados de Pedro Nunes tivessem feito algo de extraordinário para tal. Marc Torra (minutos 13, 17 e 19, o último de livre directo), Miguel Rocha (minuto 16), João Rodrigues (minuto 18) e Tiago Rafael (minuto 20) colocaram o resultado em 8-1, tendo sido reduzido ainda na primeira para 8-2, por Carlos Godinho (minuto 23), atenuando o descontrolo torriense que já se verificava no resultado mas também nos cartões azuis mostrados, a Samuel Lima e Godinho, ambos ao minuto 19.

Na segunda parte muito pouco interesse na partida. As duas formações limitaram-se a ir marcando, tendo sido mais a vontade de marcar do que a preocupação em sofrer. Adroher (4′), Nicolia (10′) e Miguel Rocha (11′) aumentaram para 11-2, João Lima (16′) e Sandro Santos (17′) reduziram, enquanto João Rodrigues (23′ e 24′) e de novo Miguel Rocha (24′) fecharam a contagem em 14-4.

Jogo sem história – tanto no resultado como na classificação – que antecede nova paragem no campeonato para os compromissos da selecção nacional sub-23, para a qual o Benfica não conta com qualquer jogador convocado.



Fonte: Modalidades

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...