Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Meia-surpresa em Tomar

Meia-surpresa em Tomar
Foi uma eliminatória da Taça marcada por poucas surpresas. Apenas [...]

Foi uma eliminatória da Taça marcada por poucas surpresas. Apenas as vitórias do Marinhense (3ª divisão) sobre o Lavra (2ª divisão), do Vasco da Gama de Sines (3ª divisão) sobre o CAR Taipense (2ª divisão) e do Parede (3ª divisão) sobre o Sesimbra (2ª divisão) merecem plano de destaque no que toca às passagens inesperadas. E, mesmo assim, para aqueles que acompanham a modalidade, os triunfos do Parede e do Marinhense nem o podem ser, visto que se tratam de equipas que se encontram em posição de subida de divisão nas respectivas zonas.

De resto, com mais ou menos dificuldade, todos os pretendentes à passagem para os oitavos confirmaram a sua superioridade. No caso do Porto, um mini-susto em Tomar mas que não passou disso. Frente a uma equipa de divisão inferior, os dragões começaram como se impunha, a vencer por larga vantagem, com golos de Jorge Silva (minuto quatro) e Gonçalo Alves (minutos 16 e 19). O Sporting local reduziu antes do intervalo por João Lomba (minuto 23) e, já na segunda parte, colocou os azuis e brancos em sentido com novo golo, marcado por Hernâni Diniz de grande penalidade.

Com o 3-2 no marcador os nabantinos começaram a acreditar na surpresa mas Vítor Hugo, ao minuto 12, voltou a colocar ‘ordem’ no jogo ao fazer o 4-2. A oito minutos do final, Ivo Silva reduziu de livre directo e voltou a colocar incerteza no desfecho do encontro, desfecho esse que contou com cinco minutos finais de revolta forasteira, com tentos de Telmo Pinto, Hélder Nunes e Jorge Silva, fixando o resultado num 7-3 final, sinal de uma partida aliviada quando de facto não o foi, mais que não seja pela aproximação nabantina no marcador.

No próximo fim-de-semana regressa o campeonato, com o FC Porto a receber o HC Braga.



Fonte: Modalidades

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...