Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Frieza leonina encurta distâncias

Frieza leonina encurta distâncias
Para os verdadeiros amantes da modalidade, foram 60 minutos perdidos, [...]

Para os verdadeiros amantes da modalidade, foram 60 minutos perdidos, entre as 15 e as 16 horas deste domingo, até que Cacau fez o segundo golo do Sporting e o jogo que se exigia de grande nível qualitativo pela classificação dos dois conjuntos começou a parecer-se minimamente com uma boa partida de hóquei em patins. Até lá, foi para esquecer. Lento, sem ideias, mal jogado. Em boa verdade não admira, dado que os sistemas atacantes dos dois conjuntos em pista são, já por si, poucos dinâmicos, sendo raros os movimentos a três jogadores. Quem não mereceu tamanha falta de qualidade foi a moldura humana que encheu o Municipal de Barcelos.

Os minhotos marcaram primeiro por Pedro Mendes aos oito minutos, num lance que identifica perfeitamente o estilo de jogo de ambas as equipas. Iniciativa individual sem que haja grande probabilidade de marcar, aproveitando a pouca entreajuda defensiva forasteira, factor que melhorou na etapa complementar. Apesar da alteração no marcador, nem por isso a toada mudou. O Barcelos ‘encostou-se’ à vantagem e o Sporting continuou convicto de que o erro adversário iria dar a oportunidade de empatar e não se enganou. Luís Querido perdeu o esférico em zona proibida e Losna aproveitou para empatar, rematando no interior da área a pouco mais de um minuto para o intervalo.

Na segunda parte, tudo esteve igual, até ao golo de Cacau, a recargar no interior da área com sucesso ao minuto sete. A partir de então os barcelenses aumentaram a velocidade, começaram a jogar mais vezes atrás da baliza e consequentemente perto das zonas de finalização. O Sporting ia aproveitando esta mudança de postura do adversário para contra-atacar com perigo. Apesar de o jogo ter ficado mais interessante, os guarda-redes disseram presente e impediram novas alterações no marcador, até ao minuto 23, altura em que Poka concretizou com sucesso um livre directo, depois de terem sido desperdiçadas cinco bolas paradas: três para o Barcelos e duas para o Sporting.

Vitória justa para a equipa que menos errou e que se demonstrou mais eficaz. Com este resultado, os leões aproximam-se dos lugares de acesso à Liga Europeia, estando já a três pontos dos barcelenses, actuais quartos classificados. Na próxima jornada haverá um Barcelos – Benfica e um Sporting – Candelária.



Fonte: Modalidades

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...