Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Vitórias antecederam dérbi

Vitórias antecederam dérbi
Antes do dérbi que marcará a 16ª jornada, Benfica e Sporting venceram a meio da semana, respectivamente, os minhotos da Juventude de Viana e HC Braga...

Antes do dérbi que marcará a 16ª jornada, Benfica e Sporting venceram a meio da semana, respectivamente, os minhotos da Juventude de Viana (9-5) e HC Braga (4-3).

Teoricamente mais complicada, a tarefa dos encarnados cedo se tornou fácil. Muito por culpa de um Jordi Adroher que está inspiradissimo e registou o seu segundo poker consecutivo, depois de um hat-trick em Braga. Em terça-feira de Carnaval, os vianenses procuraram "mascarar" - como referiria o técnico Pedro Sampaio no final - o Benfica, mas o líder do Nacional da I Divisão chegou ao intervalo a vencer por 4-0, com o catalão que é o melhor marcador das águias a apontar os três primeiros golos.

Adroher chega ao Dérbi com 11 golos nos últimos três jogos

Com uma entrada forte na segunda parte e a aproveitar algum marasmo defensivo dos visitantes que já vinha da primeira parte, os encarnados chegaram aos seis golos sem resposta e, pese o tento de Diogo Fernandes, o 7-1 parecia prometer um final de partida demolidor.

Mas foi puro engano. Talvez uma partida de Carnaval para os adeptos que se deslocaram à Luz. Nos últimos cinco minutos e meio, os encarnados jogaram de forma "displicente" - como sublinharia Pedro Nunes em conferência de imprensa - e sofreram um parcial de 2-4, com Suissas e Francisco Silva a bisarem para os vianenses e João Sardo e Miguel Rocha a apontarem os tentos do Benfica.

Para o treinador encarnado, que não esconde o prazer em não sofrer golos, os cinco golos consentidos não deviam ter existido mas a própria oscilação na exibição é própria do desporto. E a conquista dos três pontos nunca esteve em causa.

Por seu lado, Pedro Sampaio reconheceu a superioridade do Benfica mas também alguma desconcentração dos seus jogadores na primeira parte. Na fase final da sua intervenção, Pedro Sampaio foi confrontado com o aquecimento da sua equipa, em que Tó Silva e André Azevedo surgiram de peruca, e se tal não teria desconcentrado a equipa. O técnico refutou e considerou normal em dia de Carnaval.

O Benfica lideram o Nacional da I Divisão com 43 pontos, fruto de 14 vitórias e um empate. A partida deste fim de semana é frente a um Sporting que, com a vitória sobre o Braga, soma seis consecutivas para o campeonato e está posicionado a apenas um ponto do quarto lugar que dá acesso à Liga Europeia mas a 14 do topo da classificação.

Leões ganham jogo mas perdem Estebán Abalos

O jogo da primeira volta em Braga marcou o fim de um estado de graça que parecia pairar sobre os leões após vitórias frente ao Benfica, valendo a conquista da Supertaça António Livramento, e Barcelona, na primeira mão da Taça Continental. Na altura, os bracarenses venceriam por 4-2, e neste jogo - disputado no pavilhão do SC Torres - pareciam determinados em repetir a "gracinha". Ainda não estava cumprido meio minuto e já Ângelo Fernandes inaugurava o marcador.

Viana combina com Centeno para o primeiro golo dos leões

Vindo de novo estado de graça, com oito vitórias consecutivas, cinco das quais para o campeonato, o Sporting sentia muitas dificuldades para ultrapassar a defensiva contrária que só cedeu num excelente entendimento (que já vem de outras épocas) entre Centeno e Luís Viana, com o primeiro a restabelecer a igualdade naquele que seria o único golo de bola corrida dos leões.

O ainda júnior João Campos deu nova vantagem ao Braga mas o leão sofreria outro revés ainda mais duro a sete minutos do intervalo. Esteban Abalos viu o vermelho num lance com Tiago Jorge e estará assim afastado do jogo frente ao seu ex-clube.

Esteban Abalos foi expulso neste lance e falha reencontro com o Benfica

Ainda em inferioridade numérica na sequência do vermelho, Daniel Oliveira (“Poka”) fez de grande penalidade o 2-2 com que se chegou ao intervalo.

Na segunda parte, o Braga deixou uma excelente imagem. Pese o 3-2 sofrido aos 10 minutos (Luís Viana, de grande penalidade), os bracarenses nunca baixaram os braços e chegaram mesmo a nova igualdade a menos de cinco minutos do fim, por Ruben Sousa. A recta final da partida seria rica em incidências – com azuis, vermelhos, grandes penalidades e livres directos -, terminando o Sporting com mais razões para sorrir. Luís Viana bisou da marca de castigo máximo a dois minutos e meio do apito final e selou a vitória leonina.

A série de seis vitórias consecutivas - nove se forem contabilizadas as partidas da CERS - é a melhor do Sporting desde o regresso à I Divisão.

No final, Vítor Silva lamentou os incidentes de arbitragem que condicionaram a sua equipa. Agastado, o treinador explicou a situação que levou à sua expulsão e de Tiago Jorge por erro técnico.

Do lado do Sporting, o ainda técnico leonino, mesmo devidamente autorizado pela comunicação do clube, não falou para o HóqueiPT.

Leão e Vieira apitam dérbi

Os melhores árbitros das duas últimas temporadas serão os árbitros do dérbi agendado para o Livramento, a partir das 16h deste sábado. Ricardo Leão foi o melhor classificado em 2013/14 e Jaime Vieira terminou no topo da classificação em 2014/15.

Nesta última jornada a dupla não apitou no Nacional da I Divisão, tendo apitado na ronda anterior o jogo entre Juventude de Viana e Oliveirense.

Ricardo Leão e Jaime Vieira

Barcelos surpreendido

Nos restantes jogos já realizados da 15ª jornada, destaque para a derrota do Barcelos, no seu reduto, frente a uma Sanjoanense que luta para não descer. O terceiro classificado 5-6, ADS agora 10ª, ultrapassando Física e Braga.

A Física, ainda com menos um jogo, cai abaixo da “linha de água” depois de uma derrota por 11-1 no Dragão Caixa. O Carnaval de Torres Vedras terá deixado marcas numa equipa que geralmente é tacticamente muito assertiva e os dragões aproveitaram para garantir três pontos tranquilos, seguindo na peugada do Benfica. O Porto está a sete pontos dos encarnados mas, com a derrota do Barcelos, “cavou” um fosso de quatro pontos para o terceiro.

Em quarto mantém-se a Oliveirense. Quatro deslizes consecutivos – três derrotas e um empate – deixaram a equipa de Oliveira e Azeméis apenas com um ponto de vantagem sobre o quinto (Sporting) e sem margem para falhar. No dérbi com o Académico de Cambra, os pupilos de Tó Neves cumpriram com uma vitória por 4-0 e aproximaram-se do terceiro. A Oliveirense está agora a dois pontos do Barcelos.

Com o jogo entre Valongo e Turquel adiado para o início de Março, faltará referir a importante vitória do Candelária sobre o Paço de Arcos. Os picarotos venceram (5-4) pela terceira vez esta época mas não saíram do penúltimo lugar da classificação. Ainda assim, os dois jogos que estão em atraso podem relançar o Candelária para a manutenção.

I Concurso Fotográfico Mareamarilla

O HóqueiPT está entre os finalistas do I Concurso Fotográfico Mareamarilla. Contamos com o seu voto? Faça um "like"/"gosto" abaixo, na nossa foto a concurso.

(function (d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_PT/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

"Así es el hockey patines...dejar todo lo que tienes en pista".Autor: José Alves.Lugar: Valongo, Portugal

Publicado por Marea Amarilla hockey hoquei em Quarta-feira, 2 de Março de 2016

Jogos relacionados

SL Benfica 9 : 5 9 Fev 17h00 A Juv Viana
Sporting CP 4 : 3 10 Fev 21h00 HC Braga, SAD
Sporting CP 1 : 3 13 Fev 16h00 SL Benfica


Veja esta e outras noticias em: HoqueiPT

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...