Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

NOTICIAS DA ACR SANTA CITA - SECÇÃO JUVENIL

NOTICIAS DA ACR SANTA CITA - SECÇÃO JUVENIL
Começou a 2ª fase dos Regionais e as equipas da ACR Santa que já garantiram a presença nos Nacionais da categoria estão integradas na série dos primei...

Começou a 2ª fase dos Regionais e as equipas da ACR Santa que já garantiram a presença nos Nacionais da categoria estão integradas na série dos primeiros e somaram duas derrotas e uma vitória, mas boas prestações frente a adversários que à sua imagem foram primeiros nas respectivas séries.
Pavilhão De Paço de ArcosCampeonato Regional Sub.13 – 2 Fase – Apuramento Campeão RegionalSábado, 28 de Novembro de 2015CD  Paço de Arcos 4 - ACR Santa Cita – 0
Ao intervalo 2 – 0
A ACR Santa Cita jogou com:1. Simão Mortágua2. Gustavo Mortágua3. Rafael Barros4. João Costa5. Renato Domingos6. Rodrigo Mendes8. Frederico Oliveira9. Rodrigo Simões 10. Samuel ColombeyTreinador Rui Nunes
O Paço de Arcos entrou melhor no jogo, com mais posse de bola e, aproveitando algumas perdas de bola, foi paulatinamente aproximando-se da baliza da ACR. Num ou outro lance, o Santa Cita também chegava com perigo a baliza adversária embora sem eficácia. Com o aproximar do fim da 1ª parte, o Paço de Arcos adianta-se no marcador num remate de meia distância. Pouco depois num lance defensivo infeliz, o Santa Cita sofre o 2º golo.
Ao intervalo 2-0.
Na 2ª parte, o Santa Cita tudo fez para reduzir a vantagem do adversário e entrar novamente na discussão do resultado final mas a eficácia, tanto em jogo corrido como nas bolas paradas, nunca esteve a bom nível. E com o 3-0 a meio da 2ª parte praticamente que matou o jogo. Até final, o jogo manteve uma toada de equilíbrio mas foi novamente o PA a marcar numa jogada uma vez mais feliz.
Resultado final: 4-0
Vitória do Paço de Arcos aceita-se embora por números exagerados para aquilo que se passou em rinque.

Pavilhão Amavel dos Santos, Valado dos FradesSábado, 28 de Novembro de 2015Campeonato Regional Sub.17 – 2 Fase – Apuramento Campeão RegionalBiblioteca IR 3 - ACR Santa Cita 8
Ao intervalo 1-3
A ACR Santa Cita alinhou com:
1. João Antunes2. Tomás Rodrigues3. Gonçalo Gomes4. Gonçalo Bairreiro (1)5. Valério Silva (5)6. Gustavo Guido7. Diogo Costa 8. João Gomes (1)9. Guilherme Gomes(1)77. João Silva
Treinador Luis CunhaAdjunto João Vaz
Excelente jogo e vitória da nossa equipa. Depois dos jogos da primeira fase em que alcançámos os nossos objectivos, era importante entrar neste primeiro jogo com todos os aspectos que nos caracterizam. Sermos EQUIPA, humildes, lutadores, determinados e mostrarmos o nosso compromisso. Num campo e contra uma equipa tradicionalmente difíceis.
Começámos por não ter arbitro nomeado, mas o Sr. António Peça que estava presente na bancada, arbitro de 2 Divisão, dirigiu o jogo, e bem. Entrámos no jogo com muita concentração e boa atitude. Fizemos um golo cedo, aos 30 segundos de jogo, pelo Valério Silva, após um passe para o primeiro poste de trás da baliza, do João Gomes. Continuámos na mesma toada a defender muito bem, a pressionar a equipa adversária e com naturalidade chegámos ao 0-3, sempre pelo Valério Silva.
Na zona intermédia do nosso meio campo a equipa adversária não conseguia trocar a bola e proporcionava muitos contra ataques à nossa equipa, pelo que nesta altura o resultado  poderia ter outra expressão. Como se costuma dizer, quem não marca sofre, e o BIR faz o 1-3 num remate da zona intermédia após um bloqueio. Assim vamos para o intervalo.
Na segunda parte esperavamos no inicio uma pressão elevada do nosso adversário para tentar chegar ao empate. E na realidade, apesar de avisados, permitimos o 2-3, outra vez num remate igual ao do primeiro golo e a seguir, depois de uma bola na baliza adversária, um jogador nosso vê o cartão azul, por palavras dirigidas ao arbitro. Na conversão do respectivo livre directo o BIR chega ao empate. Esta era uma fase critica do jogo para a nossa equipa. O pior estava para vir com novo cartão azul a um jogador nosso por palavras ao arbitro. Na transformação do livre directo o João Governo defende com muita classe. Jogamos dois minutos em power-play, mas a defender muito bem, com muita determinação e entrega. No fim do power play a nossa defesa ganha uma bola de ataque do BIR e no contra-ataque depois da entrada nosso atleta que tinha o cartão azul, fazemos o 3-4 pelo Valério Silva. Foi uma fase em que nos unimos e conseguimos voltar ao tipo de jogo que necessitavamos de fazer. A partir desta fase o nosso adversário não voltou a ter força para voltar ao jogo e até ao fim fizemos o 3-8, numa boa demonstração colectiva e individual da nossa equipa. Excelente jogo da ACR Santa Cita.

Pavilhão de AD OeirasDomingo,29 de Novembro de 2015Campeonato Regional Sub.17 – 2 Fase – Apuramento Campeão RegionalSub.20 AD Oeiras 9 -  ACR Santa Cita 3
Ao intervalo 3-1
O Santa Cita alinhou com:1 João Antunes2 Tiago António 3 Bruno Oliveira 4 Dinis Conde (1)5 Miguel Rodrigues (1)6 José Marques (1)7 Valério Silva8 João Rosa 9 Gonçalo Vicente 10 Diogo CalistoTreinador Miguel CunhaAdjunto João Vaz
Era um jogo entre duas equipas muito deferentes em termos de experiencia. A AD Oeiras no ano anterior tinha sido 4a classificada no Campeonato Nacional Sub20 do ano anterior. Estavamos a defrontar uma equipa com elementos básicamente de terceiro ano de Sub20. Começámos bem com muita concentração, determinação e a defender bem.Assim chegámos ao 0-1 pelo José Pedro. Começou a vir ao de cima o maior poder fisico da AD Oeiras e chegaram ao 2-1. A ACR Santa Cita continuou a jogar muito organizada e a trocar bem a bola, de tal forma que a equipa adversária sentia a tensão resultante da surpresa se destanciar fácilmente no marcador. Mesmo no fim da primeira parte sofremos o 3-1. Entretanto já tinhamos sofrido um livre directo que o João Governo tinha defendido.
A segunda parte começa na mesma toada e a ACR Santa Cita faz o 2-3 pelo Dinis Conde e falha uma jogada em que um jogador nosso isolado não marca o golo do empate. Nesta altura verificavamos que estavamos carregados de faltas sem que nada de especial se verificasse. Devemos referir que acabámos o jogo sofrendo 5 livres directos e uma grande penalidade. Entretanto a equipa adversária chega ao 4-2 e respondemos pelo Miguel Rodrigues fazendo o 3-4. Apesar das diferenças de indole fisica continuamos a jogar o jogo pelo jogo sempre na expectativa de chegar ao empate até cerca de 8 minutos do fim.Daqui até ao fim a AD Oeiras chega ao 9-3. Um episódio caricato é o da validação do oitavo golo, se é que podemos referimo-nos a este facto desta forma, porque depois de um remate de um jogador da AD Oeiras ao poste a bola ressalta para o meio campo e o Arbitro assinala golo, para espanto geral de todos os presentes. O jogo acaba com muitas faltas de equipa para ambos os lados, sem factos que o justifiquem.
Informação/Fotos: Paulo Gomes

Fonte: Francisco Gavancho / Cartão Azul

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...