Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Barcelos vira para vencer Paço de Arcos

Barcelos vira para vencer Paço de Arcos
Em Barcelos, o Óquei entrou no Nacional da I Divisão com uma vitória por 5-2 sobre o Paço de Arcos. A partida só ficou definida nos cinco minutos fina...

Em Barcelos, o Óquei entrou no Nacional da I Divisão com uma vitória por 5-2 sobre o Paço de Arcos. A partida só ficou definida nos cinco minutos finais.

Em ronda inaugural da I Divisão, Barcelos e Paço de Arcos apresentaram um reforço cada de início. Nos visitados, Reinaldo Ventura, o único reforço da equipa, marcou presença no apito inicial, tal como os reforços extremados na idade do Paço de Arcos: Diogo Alves, guarda-redes de apenas 20 anos, e Ricardo Pereira, avançado de 36.

Ricardo Pereira regressou aos rinques praticamente dois anos depois

O jogo teve uma primeira parte equilibrada, com o Paço de Arcos a adiantar-se no marcador aos xx, num desvio de Miguel Dantas à entrada da área e a meia altura depois de um remate de muito longe de Guilherme Silva.

O Barcelos procurou responder mas sem eficácia para bater o jovem campeão do Mundo de Sub-20 em 2013, Diogo Alves, a mostrar porque mereceu a confiança para a titularidade da baliza da equipa da Linha. No entanto, o também campeão nacional de Sub-20, não seguraria a vantagem até ao intervalo. Com quatro segundos para jogar, o capitão Luís Querido transformou uma grande penalidade em golo e restabeleceu a igualdade.

Momento quente entre Ventura e Rui Pereira

Na segunda parte, Paulo Freitas lançou a sua equipa no ataque. A pressão dos anfitriões resultou em golos aos 10 minutos, com Vieirinha a fazer o 2-1 numa bela picadinha mas com a felicidade de um desvio num adversário. A vantagem não fez o Barcelos levantar o pé na tentativa de ultrapassar a bem montada defensiva do Paço de Arcos e quatro minutos volvidos sobre a reviravolta, Pedro Mendes fez o 3-1.

Perante uma boa moldura, o jogo estava vivo e emocionante. E quentinho. Numa confusão junto da bola, a dupla de arbitragem teve uma decisão salomónica ao excluir com azul Rui Pereira e Reinaldo Ventura. Minutos depois, a pouco mais de cinco minutos do final e já com os ânimos mais serenos, Miguel Dantas travou Pedro Mendes - que seguia isolado - e Reinaldo Ventura bateu Hugo Garcia, que entrara para tentar contrariar o especialista que deixou o FC Porto ao longo de muitos anos.

“Rei” já marca pelos barcelenses

O 4-1 selava praticamente o desfecho da partida, mas ainda haveria mais um golo para cada lado. Guilherme Silva passou por toda a gente e reduziu para 4-2 e, com o Paço de Arcos em busca de mais golos, Hugo Costa fechou a partida quando seguia isolado, com uma picadinha.

No final da partida, Paulo Garrido não estava contente com algumas decisões da dupla – minhota – de arbitragem. No entanto, o técnico congratulou-se pela aposta em Diogo Alves, que é para manter independentemente da idade do guarda-redes.

Paulo Freitas, naturalmente satisfeito pela vitória da sua equipa, enalteceu a postura atacante da sua equipa – sem nunca perder a sua identidade - perante uma posição mais defensiva do adversário.

Na próxima jornada, o Paço de Arcos recebe – já na sexta-feira – o Candelária, enquanto o Barcelos joga em São João da Madeira.

Jogos relacionados

OC Barcelos, SAD 5 : 2 3 Out 21h30 CD Paço de Arcos


Veja esta e outras noticias em: HoqueiPT

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...