Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Aos 32 anos João Pedro Araújo deixa os ringues " ´Uma modalidade louca. Vou sentir saudades..."

Aos 32 anos João Pedro Araújo deixa os ringues
O minhoto João Pedro Araújo tomou a decisão de abandonar aos trinta e dois anos o hóquei em patins por motivos familiares e profissionais.Natural de A...



O minhoto João Pedro Araújo tomou a decisão de abandonar aos trinta e dois anos o hóquei em patins por motivos familiares e profissionais.Natural de Adaufe, Braga, começou a patinar no HC Braga aos seis anos, tendo saído para o OC Barcelos durante três anos em júnior.Voltou ao HC Braga já como sénior seguindo para a AD Limianos, Juventude de Viana e Cartaipense, para terminar a carreira onde começou no HC Braga.
Ao Hóquei Minhoto João Pedro Araújo traçou a sua carreira.
HM - Porque razão deixas de jogar aos 32 anos?JPA - A minha vida profissional ocupa neste momento muitas horas durante o dia.A família também é uma prioridade. Por isso são duas razões muito fortes para deixar de jogar.Penso que é o momento certo para abandonar. Adoro o hóquei mas também sinto que a minha disponibilidade já não é a mesma
HM - Quais os momentos especiais vividos quer dentro, quer fora do ringue?JPA - Sinceramente vivi grandes momentos na minha carreira por todos os clubes por onde passei.O melhor de todos são os amigos que criei e as boas pessoas que conheci. Serão estes que ao longo da vida estarão presentes sempreLevo muitas recordações. Não quero individualizar quem me marcou.Aprendi com todos os treinadores e jogadores com quem tive o privilegio de partilhar o balneário.Tudo aquilo que sou hoje como pessoa devo ao hóquei em patins.Por isso agradeço a todos sem excepção a pessoa que sou.
HM - Desportivos?
JPA - Em termos de momentos desportivos a presença numa final da Taça de Portugal e duas subidas de divisão com o HC Braga e com a Juventude de Viana.Marcante foi a minha passagem pela AD Limianos. Éramos uma equipa com muita camaradagem e amiga. Uma autentica família desde jogadores, treinadores, publico, etc.Em Viana do Castelo fiz grandes amigos quando a Juventude de Viana subiu.No Cart foi uma boa experiência, mas Braga é sempre especial, por isso queria terminar onde comecei.
HM - Foram muitos os jogadores que jogou como colega e adversário. Algum em especial?
JPA  - Há sempre colegas que marcam, mas não vou individualizar porque todos são especiais.Todos foram importantes na minha carreira.Para eles os que jogam e os que também ja abandonaram a modalidade um grande abraçoA malta sempre que possível vai se encontrar num pavilhão para matar o bichinho...porque vou ter saudades.
O Hoquei Minhoto agradece a oportunidade e deseja a João Pedro Faria as maiores felicidades.



Fonte: Hóquei Minhoto

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...