Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

Ainda o protocolo . Juventude de Viana responde à ED Viana

Ainda o protocolo . Juventude de Viana responde à ED Viana
fonte: Radio GeiceA direção da Juventude Viana respondeu a através de um Comunicado à Escola Desportiva de Viana para “Repor a Verdade” em relação à p...

fonte: Radio Geice

A direção da Juventude Viana respondeu a através de um Comunicado à Escola Desportiva de Viana para “Repor a Verdade” em relação à polémica que “rebentou” nos últimos dias por causa do alegado não cumprimento de um protocolo de formação existente entre ambas as instituições e a saída de alguns jogadores da equipa de juvenis para o Campo/Barcelos em detrimento da Juventude Viana.A Geice FM transcreve na integra o documento publicado na pagina oficial do clube (Juventude Viana) na internet.Repor a Verdade…No passado dia 14/05/2015, a direção da Escola Desportiva de Viana (EDV), emitiu um comunicado, cujo teor reportava-se ao “Protocolo existente com a Associação Juventude de Viana”. 
Sendo sempre indesejável qualquer polémica entre associações desportivas da mesma cidade, há ocasiões em que a reposição da verdade nos impede de ficar em silêncio. 
1. Não é de agora que a AJV tem tido dificuldades em fazer a sua equipa de juniores. Já teve de participar numCampeonato Nacional construindo um plantel com mais atletas oriundos de outros clubes do que de Viana do Castelo! Realçamos que se trata de uma idade de transição, ocorrendo não raras vezes que os atletas tenham de abdicar do desporto em prol do ensino superior (e bem!), já que ingressam em faculdades fora na nossa cidade. Quanto ao abandono ao final de alguns meses na AJV, é algo que infelizmente não acontece apenas no nosso clube. Quando tal se deve a indisciplina, confirmamos que a AJV não tolera nem pactua com tais atitudes! Convêm ainda referir que nos últimos anos temos integrado alguns atletas no escalão júnior, que a EDV demonstrou desinteresse pela formação dos mesmos… 
2. As transferências de atletas entre clubes são pagas, revertendo essas verbas para a Federação de Patinagem de Portugal e para a Associação de Patinagem do Minho. Apenas estão isentas as transferências de atletas nas 3 primeiras épocas de sénior. Refira-se que nos últimos anos a Juventude tem pago várias taxas de transferência no escalão júnior.3. É mentira que o presidente da AJV tenha rejeitado todas as propostas apresentadas pela EDV nas reuniões realizadas com o executivo camarário vianense. No local e no momento certo, foi transmitido aos interlocutores que no entendimento da AJV, no curto prazo não haveria recursos humanos nem financeiros para um projeto de equipa sub-23. Evidenciamos inclusive, que este escalão é alimentado essencialmente pelos juniores. Escalão este que a ficar na EDV, como tal não poderia alimentar o escalão sub-23. Mais, nessas reuniões foram ainda colocadas em cima da mesa mais 2 propostas: a primeira dizia respeito à passagem de todos os atletas juvenis da EDV para os juniores da AJV com a possibilidade do treinador acompanhar os atletas, dado que foram colocadas reservas por parte dos dirigentes da EDV ao atual técnico do escalão – Luís Viana. E a segunda, ser a própria EDV a fazer o escalão júnior, algo que ficou logo posto de lado por parte do presidente da EDV, já que o processo formativo do clube terminava no escalão juvenil e ao mesmo tempo estava a falar com atletas juniores da AJV para ingressar no escalão júnior na EDV.4. Se os pais dos atletas da EDV não queriam reunir com os responsáveis da AJV, essa informação deveria ter sido transmitida a quem de direito, já que tinha ficado acordado que o presidente da EDV marcaria a referida reunião.5. Quando falam em asfixia de espaços para a prática de treinos, esta afirmação também é falsa! Importa referir que esta foi a época desportiva onde houve mais tempo de treino para todos os escalões, já que a passagem da Patinagem Artística para o Pavilhão da Meadela permitiu aumentar os horários disponíveis. Refira-se ainda que a EDV começava a treinar a partir das 17.30H e que o Pavilhão Municipal de Monserrate às terças-feiras à noite estava livre, algo que nunca aconteceu.6. Impedimento do acesso gratuito aos jogos da AJV. É falso, já que a entrada é livre para menores de 12 anos. 
Quanto à situação com o escalão juvenil, é verdade que aconteceu mas foi prontamente resolvido, tendo a mesma sido originada pelo facto dos atletas não se identificarem com o cartão respetivo, uma vez que os porteiros (empresa privada) não são obrigados a reconhecer esses atletas quando não são portadores de qualquer identificação.7. Quanto às injúrias e calúnias que fazem ao nosso Diretor Desportivo, nem vamos tecer qualquer comentário face ao seu teor difamatório! Trata-se dum colaborador que tem demonstrado o seu profissionalismo e competência ao longo dos anos que tem estado ao serviço da AJV!8. Relativamente ao custo do treinador de guarda-redes, nunca a direção da EDV dialogou com a AJV sobre o mesmo. Falaram sempre diretamente com esse atleta e a AJV nunca colocou qualquer entrave!9. A AJV tem colaborado na cedência de algum material desportivo à EDV, como é o caso do material do guarda-redes do escalão juvenil. Podem é os seus responsáveis não o saber! Assim como, sempre que solicitado, tem sido dado apoio clínico e mecânico dentro das nossas possibilidades.10. Será que as condições estabelecidas na cedência dos espaços publicitários estão a ser cumpridas?11. “O número de atletas produzidos anualmente é revelador das nossas capacidades, do trabalho, da organização….. De ano para ano são mais e melhores”. Face a esta afirmação dos dirigentes da EDV, questionamos onde andam esses atletas? Formados na nossa cidade, existem 2 no escalão principal do hóquei nacional, os quais por coincidência estão ao serviço da AJV (Luis Viana e Gustavo Lima) e na II Divisão não temos nenhum. Será que o problema será mesmo a AJV?A Associação Juventude Viana conhece muito bem as dificuldades com que as associações desportivas da região se deparam no seu dia-a-dia, por isso, não vai contribuir para que as mesmas ainda se agravem mais com o afastamento de sócios, simpatizantes e patrocinadores! 
Estamos inseridos numa região que tem muitas potencialidades, mas infelizmente também possui muitas desvantagens face a competidores diretos inseridos em regiões muito mais desenvolvidas sob o ponto de vista económico. 
Não temos a veleidade nem a pretensão de sermos detentores da sapiência suprema… Muito menos nos intrometemos nas decisões estratégicas dos nossos congéneres. Por isso, não admitimos que outros o tentem fazer no nosso clube sem estarem legitimados pelo voto dos sócios! 
Respeitamos todas as coletividades da região, particularmente aquelas que ao longo dos anos vêm contribuindo para o desenvolvimento humano e desportivo dos vianenses, exigindo a Associação Juventude Viana reciprocidade de tratamento e respeito para com um clube que tem dignificado a cidade de Viana do Castelo quer a nível nacional, quer a nível internacional ao longo dos últimos 38 anos! 
Em face ao exposto e às atuais circunstâncias, seguiremos o nosso caminho e trabalharemos para continuar fazer crescer a Juventude Viana – formando jovens e competindo ao mais alto nível nacional e internacional!Saudações Desportivas! 
P´ Direção 
Rui Natário

Fonte: Hóquei Minhoto

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...