Mundo Do Hoquei - Portal informativo de Hoquei em Patins

PAPARUCO - O COMENTADOR

PAPARUCO - O COMENTADOR
O BENFICA FOI O JUSTO CAMPEÃO??? CLARO QUE SIM...!!!Chegou ao final o nacional da I Divisão versão 2014/2015 e o SL Benfica by Pedro Nunes sagrou-se c...

O BENFICA FOI O JUSTO CAMPEÃO??? CLARO QUE SIM...!!!

Chegou ao final o nacional da I Divisão versão 2014/2015 e o SL Benfica by Pedro Nunes sagrou-se campeão e agora pergunta vocês "O BENFICA FOI O JUSTO CAMPEÃO???" ao que eu Paparuco respondo "CLARO QUE SIM...!!!"
Depois de no ano passado se ter esperado até aos minutos finais da ultima jornada para que se soubesse quem seria o campeão nacional de hóquei em patins e o justo vencedor foi a AD Valongo que venceu em casa o FC Porto enviando os azuis e brancos para o ultimo lugar do pódio e permitindo ao Benfica ser vice-campeão, este ano nada assim foi e para não haver percalços nos últimos segundos a equipa liderada por Pedro Nunes cedo demonstrou a sua qualidade e estar alguns "furos" acima da concorrência e foi vencendo aqui (leia-se em casa) e ali (leia-se fora) com maior ou menor dificuldade, mas vencendo e nem o empate (único na prova) em Barcelos (3-3) na 3ª jornada foi uma "areia na engrenagem" da máquina encarnada e a vitória no Dragão Caixa (3-7) na 11ª jornada foi disso prova.
Com uma equipa onde a classe de Trabal na baliza passando pela "voz de comando" de Valter Neves, aliada à magia de Nicollia, a regularidade de Diogo "Chiquinho" Rafael e a excelência, oportunidade, concretização e outros atributos mais de João Rodrigues (48 golos marcados) permitiu aos encarnados passearem classe pelos rinques onde jogavam e como disse anteriormente com maior ou menor dificuldade sempre revelaram argumentos para vencer e chegarem ao final da prova sem conhecer o sabor da derrota.

Foto: SL Benfica

Claro que nem só dos jogadores mencionados se fez a história do SL Benfica esta temporada e todos os outros (e perdoem os próprios não os mencionar, mas reconhecendo o seu valor) Pedro Nunes soube como ninguém aliar a técnica à táctica, ou a táctica à técnica (onde é que eu já li, ou ouvi isto) e nos momentos mais complicados saber dar a táctica certa no momento certo e quando o ultimo apito chegava os três pontos chegavam também.
Mas como nem só de técnicos, jogadores, um titulo pode ser conquistado, realce igualmente para o Engº José Trindade que também teve o seu papel (importante) nesta conquista sabendo rodear-se das pessoas certas para os sítios certos e dar "matéria prima" e condições de trabalho para que no final o resultado se escrevesse com as palavras "Campeão".
Muito mais haveria para escrever mas deixo em "seticada final" os números de uma equipa que venceu o nacional com 10 pontos de avanço do 2º classificado:
26 jogos - 25 vitórias - 1 empate - 0 derrotas - 175 golos marcados - 55 sofridos

Fonte: Francisco Gavancho / Cartão Azul

Comentários

Notícias lidas no momento

A carregar...